Todos os posts em: Últimas

Zero Box Lodge: o hotel mais cool do Porto

Sabe quando um hotel é tão legal que você decide estender a permanência no destino? Foi isso que aconteceu com a gente no Porto quando nos hospedamos no Zero Box Lodge. Decidimos ficar um dia a mais na cidade de tão legal que achamos esse lugar. Vem ver! 🙂 Zero Box Lodge O Zero Box inaugurou no final de 2018 com a proposta de ser um hotel diferente dos demais. No site da hospedagem, eles se definem como “not your regular hotel”. Definitivamente esse não é um lugar tradicional. Você já nota pela fachada que o local é, no mínimo, curioso. O prédio tem um BIGODE! Recepção Na entrada, um atendente super simpático e um ambiente bem informal recebem os hóspedes. E, nesse momento, uma surpresinha: a chave do nosso quarto veio pendurada à uma cerveja Super Bock personalizada com o nome do hotel. Se existe “chaveiro” melhor do que esse, desconheço. 😋 Pegamos o elevador para irmos até o nosso quarto e o elevador que nos levou até lá também foi mega surpreendente. Muitas …

Pra Lá do Templo: sossego e conexão com a natureza em Três Coroas

Três Coroas merece muito mais do que um passeio bate-volta até o Templo Budista. Como contei nesse post, a cidade conta com atrações que fazem dela um ótimo destino de final de semana. E, pra quem escolhe dormir por lá, não existe lugar mais gostoso do que a pousada Pra Lá do Templo. Pousada Pra lá do Templo A Pra Lá do Templo é uma pousada super novinha e conta com apenas três chalés. Ela fica localizada em um ponto super estratégico, em meio à natureza – a cerca de 100 metros da entrada do Templo Budista. É um lugar para contemplar o silêncio e a vegetação, e descansar bastante. Ficamos na cabana 3 – a que fica mais à esquerda. Fiquei super feliz quando soube que ela estava disponível quando solicitamos a reserva, porque é a que fica mais afastada, cercada pelo verde. (Na minha opinião é a mais legal! 🙂) Os chalés têm a lateral de vidro ao lado das camas. Só digo uma coisa pra vocês: é uma delícia acordar com essa vista! ❤️ …

Portugal: as melhores sorveterias do Porto

Acho que não contei isso pra vocês ainda… mas eu sou apaixonada por sorvete! 😋😋😋 Acho até que sorvete é o único doce que eu posso comer infinitamente, sem enjoar. (Eu descobri isso quando tive que extrair um dente, a recomendação era a de tomar sorvete e eu devorei um pote de 2 litros em algumas horinhas). Se em Lisboa eu fiz um tour de Pastéis de Nata e em Aveiro o roteiro era de Ovos Moles, no Porto eu decidi me aventurar nos “gelados” portugueses. (Aliás, eu acho muito bonitinho que os portugueses chamam sorvete de gelado. ❤️) Fiquei apenas três dias no Porto e entre um restaurante e outro, aproveitei pra conhecer algumas das sorveterias mais famosas da cidade. Bora ver como foi esse tour gelado? 🙂 Gelataria Sincelo Aberta desde 1980, a Gelataria Sincelo é uma das sorveterias mais tradicionais do Porto. Há dois anos a casa foi totalmente renovada, mas continua no mesmo endereço desde a sua criação – o número 54 da Rua de Ceuta. A sorveteria oferece mais de 50 …

Donnadina, o novo empreendimento do “homem pizza” de Canela

Elaborada por meio da fermentação lenta, a pizza napoletana é uma receita que demanda tempo. São horas (ou dias) até que a massa se dilate até chegar no tamanho certo pra ser finalizada. A trajetória de alguns empreendedores se assemelha à esse processo. É preciso passar por diversas etapas de crescimento e maturação até ganhar um espaço no mercado. Nesse post vou mostrar pra vocês a nova pizzaria de Canela, a Donnadina. Mas, antes disso, vou contar a história do jovem empresário por trás do negócio, Peterson Secco, responsável por renovar o cenário gastronômico da cidade com as suas pizzas. O “homem pizza” de Canela Há oito anos, o então adolescente Peterson Secco ocupava os fundos de uma garagem em Canela e, sozinho, fazia e entregava pizzas pela cidade. Com a ajuda da família e de amigos foi conquistando o paladar dos moradores e logo abriu sua primeira pizzaria. Em 2011 nasceu a The Petit – um rodízio de pizzas que tinha um diferencial inédito na região: servir fatias durante a madrugada. (Apesar do movimento turístico …

Cannelé Bistrot, um pedacinho da França na Serra Gaúcha

Quem diria que seria em Canela que eu teria uma das minhas melhores experiências em um restaurante francês? O Cannelé Bistrot me surpreendeu tão positivamente que ele logo se tornou um dos meus lugares favoritos na Serra Gaúcha! Estive lá há alguns dias, acompanhada da Sophia (do blog Meu mapa-múndi) e da Criz (do Vida que Flui). A Criz é super amiga dos donos do Cannelé, Mauí Luz e Léo Salamoni, e eu fiquei muito feliz com o convite pra conhecer o restaurante. O Cannelé Bistrot Aberto há cerca de dez anos, o Cannelé Bistrot é referência de boa gastronomia na Serra Gaúcha. O restaurante está instalado em uma casa super charmosinha no centro de Canela. O ambiente é acolhedor: a casa tem apenas oito mesas, o atendimento querido e informal e a trilha sonora é espetacular. A decoração é outro destaque da casa: objetos de antiquários e fotos da família compõem o cenário. (Eu me apaixonei por esse palhacinho de papel machê!) O jantar O cardápio conta com pratos mais tradicionais da culinária francesa e …

Bamboo Bar: a experiência do vinho encanado em Bento Gonçalves

Na última sexta-feira (05/07) fui à Bento Gonçalves conhecer o primeiro bar com vinho encanado do Brasil, o Bamboo Piped Wine Bar – espaço dentro do Bangalô Estação Club. Vinho encanado O vinho encanado foi a atração que tornou a Fenavinho conhecida Brasil afora desde sua primeira edição, em 1967. A instalação, realizada nas ruas da cidade, transporta o vinho por uma tubulação e serve a bebida em torneiras. A retomada da feira em 2019 foi a inspiração do empresário Leandro Santarossa, que teve a ideia de trazer a experiência icônica para o Bangalô. O espaço Bamboo já existia, mas foi reinaugurado como “Piped Wine Bar” para oferecer aos visitantes o vinho encanado o ano inteiro. Bamboo Piped Wine Bar Cinco pontos duplos com torneiras para vinho tinto e vinho branco foram instaladas no espaço, entre colunas próximas às mesas. Ao pagar o ingresso (que custa R$ 80), o público tem acesso livre ao vinho, podendo se servir diretamente das torneiras quantas vezes quiser. Estão disponíveis os vinhos Merlot e Riesling da Cooperativa Vinícola Aurora. Com 88 …

Marrakech: aprendendo culinária marroquina em uma fazenda orgânica

Como contei nesse post, workshops de gastronomia são a minha mais nova paixão em viagens. É uma maneira de ter um contato mais íntimo com a culinária local e também uma oportunidade de aprender a reproduzir em casa os pratos que tanto amamos conhecer. Pesquisando sobre os workshops disponíveis em Marrakech (são muitos!), descobri o ateliê do Chef Tarik Harabida. O curso é realizado em uma fazenda orgânica, localizada em um pequeno vilarejo a cerca de 30 km do centro da cidade. O chef Tarik tem 27 anos de experiência em cozinha e é um dos embaixadores da Bio Kitchen, que preza pelos ingredientes orgânicos. Depois de alguns anos viajando pelo mundo, Tarik voltou à Marrakech para com o objetivo de explorar a gastronomia marroquina e de criar uma cozinha-escola em sua propriedade. Não foi o Tarik que ministrou o workshop (infelizmente não chegamos a conhecê-lo), foram os queridos cozinheiros Youssef e Siham que nos receberam e nos ensinaram muito sobre a cultura gastronômica do Marrocos. “Cerimônia de abertura” O workshop acontece em uma tenda no …

Cinco comidinhas que você precisa provar em Belém do Pará

Belém é um dos destinos gastronômicos mais especiais do Brasil e eu amei o tour que fiz por lá. A série de quatro posts que conta cronologicamente o que fizemos é uma das mais especiais desse blog. (Você pode ler o primeiro deles aqui!) Mas… são textos longos. Como eu sei que nem todo mundo curte ler aquele tipo de post, resolvi depurar o nosso roteiro e fazer alguns posts menores com recomendações de lugares e comidas. O primeiro deles lista cinco restaurantes que considero imperdíveis na cidade. Já conferiu? E hoje vou listar cinco comidinhas que são super tradicionais na cidade, que me foram indicadas pelo Marcos Médici, que administra o perfil do Instagram Restaurantes Belém. Nada como receber dicas de locais, né? Bora se deliciar! 🙂 Tacacá d’A Portinha Um dos pratos mais simbólicos da região Norte do país, o Tacacá me conquistou. A sopa preparada com tucupi (caldo amarelo extraído da mandioca), goma de tapioca, jambu e camarão seco é vendida em centenas de estabelecimentos de Belém. Experimentamos em alguns lugares, mas o que …

Mão na Massa: o workshop mais gostoso de Porto Alegre

“A comida sempre foi motivo de união: os encontros da vida, sejam com seus amigos de infância, com a família ou com o seu amor, se tornam mais especiais quando sabores são compartilhados. Não é à toa: a comida nos faz sentir o passado, o presente e o futuro. Ela tem o poder de resgatar momentos e pessoas, provoca nossa imaginação na hora de preparar uma receita e aguça a vontade de explorar novos mundos.” Esse texto lindo estava escrito no convite que recebi para participar do workshop “Mão na Massa” – edição Massas e Molhos. O encontro aconteceu ontem (02/07), em Porto Alegre, e eu vou contar pra vocês como foi! 🙂 Mão na Massa Mão na Massa é uma série de workshops gastronômicos realizados pela Redbiz. Os encontros promovem a troca de experiências, incentivam o networking e estimulam a criatividade. Isso tudo acontece em um lugar incrível, o Studio EXS, que fica no andar superior da loja EXS Eletrodomésticos (Av. Berlim, nº 400 – bairro São Geraldo). Mas, antes de começar o curso, a …

Descanso, amigos e comida boa em Punta del Diablo

E se o meu título não for bom o suficiente para as buscas do Google? E se tiver texto demais ou informações de menos? E se quase ninguém ler esse post que me custou tanto a escrever? É complicado quando esse tipo de questão toma conta da nossa cabeça e chega a fazer a gente esquecer do verdadeiro prazer que é escrever e compartilhar, o propósito de tudo isso. “Eu quero fazer a minha voz ser ouvida, mas… qual era mesmo a minha voz?” No dia a dia dos produtores de conteúdo rola incerteza e insegurança. E se falarmos de quem produz conteúdo de viagem, especificamente, ainda temos que catalogar os roteiros a cumprir, fotos em diversos formatos, textos ao mesmo tempo explicativos e afetuosos… “Opa, pera, e cadê o prazer de viajar?” De vez em quando é bom parar, ouvir o silencio, reconectar. Punta del Diablo foi assim pra mim. 🙂 Descanso As minhas últimas viagens tinham a programação tão pré-estabelecida, que eu já nem lembrava como era passear sem pressa por um lugar, …