Todos os posts em: Gastronomia

Portugal: as melhores sorveterias do Porto

Acho que não contei isso pra vocês ainda… mas eu sou apaixonada por sorvete! 😋😋😋 Acho até que sorvete é o único doce que eu posso comer infinitamente, sem enjoar. (Eu descobri isso quando tive que extrair um dente, a recomendação era a de tomar sorvete e eu devorei um pote de 2 litros em algumas horinhas). Se em Lisboa eu fiz um tour de Pastéis de Nata e em Aveiro o roteiro era de Ovos Moles, no Porto eu decidi me aventurar nos “gelados” portugueses. (Aliás, eu acho muito bonitinho que os portugueses chamam sorvete de gelado. ❤️) Fiquei apenas três dias no Porto e entre um restaurante e outro, aproveitei pra conhecer algumas das sorveterias mais famosas da cidade. Bora ver como foi esse tour gelado? 🙂 Gelataria Sincelo Aberta desde 1980, a Gelataria Sincelo é uma das sorveterias mais tradicionais do Porto. Há dois anos a casa foi totalmente renovada, mas continua no mesmo endereço desde a sua criação – o número 54 da Rua de Ceuta. A sorveteria oferece mais de 50 …

Donnadina, o novo empreendimento do “homem pizza” de Canela

Elaborada por meio da fermentação lenta, a pizza napoletana é uma receita que demanda tempo. São horas (ou dias) até que a massa se dilate até chegar no tamanho certo pra ser finalizada. A trajetória de alguns empreendedores se assemelha à esse processo. É preciso passar por diversas etapas de crescimento e maturação até ganhar um espaço no mercado. Nesse post vou mostrar pra vocês a nova pizzaria de Canela, a Donnadina. Mas, antes disso, vou contar a história do jovem empresário por trás do negócio, Peterson Secco, responsável por renovar o cenário gastronômico da cidade com as suas pizzas. O “homem pizza” de Canela Há oito anos, o então adolescente Peterson Secco ocupava os fundos de uma garagem em Canela e, sozinho, fazia e entregava pizzas pela cidade. Com a ajuda da família e de amigos foi conquistando o paladar dos moradores e logo abriu sua primeira pizzaria. Em 2011 nasceu a The Petit – um rodízio de pizzas que tinha um diferencial inédito na região: servir fatias durante a madrugada. (Apesar do movimento turístico …

Cannelé Bistrot, um pedacinho da França na Serra Gaúcha

Quem diria que seria em Canela que eu teria uma das minhas melhores experiências em um restaurante francês? O Cannelé Bistrot me surpreendeu tão positivamente que ele logo se tornou um dos meus lugares favoritos na Serra Gaúcha! Estive lá há alguns dias, acompanhada da Sophia (do blog Meu mapa-múndi) e da Criz (do Vida que Flui). A Criz é super amiga dos donos do Cannelé, Mauí Luz e Léo Salamoni, e eu fiquei muito feliz com o convite pra conhecer o restaurante. O Cannelé Bistrot Aberto há cerca de dez anos, o Cannelé Bistrot é referência de boa gastronomia na Serra Gaúcha. O restaurante está instalado em uma casa super charmosinha no centro de Canela. O ambiente é acolhedor: a casa tem apenas oito mesas, o atendimento querido e informal e a trilha sonora é espetacular. A decoração é outro destaque da casa: objetos de antiquários e fotos da família compõem o cenário. (Eu me apaixonei por esse palhacinho de papel machê!) O jantar O cardápio conta com pratos mais tradicionais da culinária francesa e …

Marrakech: aprendendo culinária marroquina em uma fazenda orgânica

Como contei nesse post, workshops de gastronomia são a minha mais nova paixão em viagens. É uma maneira de ter um contato mais íntimo com a culinária local e também uma oportunidade de aprender a reproduzir em casa os pratos que tanto amamos conhecer. Pesquisando sobre os workshops disponíveis em Marrakech (são muitos!), descobri o ateliê do Chef Tarik Harabida. O curso é realizado em uma fazenda orgânica, localizada em um pequeno vilarejo a cerca de 30 km do centro da cidade. O chef Tarik tem 27 anos de experiência em cozinha e é um dos embaixadores da Bio Kitchen, que preza pelos ingredientes orgânicos. Depois de alguns anos viajando pelo mundo, Tarik voltou à Marrakech para com o objetivo de explorar a gastronomia marroquina e de criar uma cozinha-escola em sua propriedade. Não foi o Tarik que ministrou o workshop (infelizmente não chegamos a conhecê-lo), foram os queridos cozinheiros Youssef e Siham que nos receberam e nos ensinaram muito sobre a cultura gastronômica do Marrocos. “Cerimônia de abertura” O workshop acontece em uma tenda no …

Cinco comidinhas que você precisa provar em Belém do Pará

Belém é um dos destinos gastronômicos mais especiais do Brasil e eu amei o tour que fiz por lá. A série de quatro posts que conta cronologicamente o que fizemos é uma das mais especiais desse blog. (Você pode ler o primeiro deles aqui!) Mas… são textos longos. Como eu sei que nem todo mundo curte ler aquele tipo de post, resolvi depurar o nosso roteiro e fazer alguns posts menores com recomendações de lugares e comidas. O primeiro deles lista cinco restaurantes que considero imperdíveis na cidade. Já conferiu? E hoje vou listar cinco comidinhas que são super tradicionais na cidade, que me foram indicadas pelo Marcos Médici, que administra o perfil do Instagram Restaurantes Belém. Nada como receber dicas de locais, né? Bora se deliciar! 🙂 Tacacá d’A Portinha Um dos pratos mais simbólicos da região Norte do país, o Tacacá me conquistou. A sopa preparada com tucupi (caldo amarelo extraído da mandioca), goma de tapioca, jambu e camarão seco é vendida em centenas de estabelecimentos de Belém. Experimentamos em alguns lugares, mas o que …

Mão na Massa: o workshop mais gostoso de Porto Alegre

“A comida sempre foi motivo de união: os encontros da vida, sejam com seus amigos de infância, com a família ou com o seu amor, se tornam mais especiais quando sabores são compartilhados. Não é à toa: a comida nos faz sentir o passado, o presente e o futuro. Ela tem o poder de resgatar momentos e pessoas, provoca nossa imaginação na hora de preparar uma receita e aguça a vontade de explorar novos mundos.” Esse texto lindo estava escrito no convite que recebi para participar do workshop “Mão na Massa” – edição Massas e Molhos. O encontro aconteceu ontem (02/07), em Porto Alegre, e eu vou contar pra vocês como foi! 🙂 Mão na Massa Mão na Massa é uma série de workshops gastronômicos realizados pela Redbiz. Os encontros promovem a troca de experiências, incentivam o networking e estimulam a criatividade. Isso tudo acontece em um lugar incrível, o Studio EXS, que fica no andar superior da loja EXS Eletrodomésticos (Av. Berlim, nº 400 – bairro São Geraldo). Mas, antes de começar o curso, a …

Os melhores Ovos Moles de Aveiro

Considerada a “Veneza Portuguesa”, Aveiro é uma cidade pequena e fácil de ser explorada. Infelizmente não chegamos a conhecer as Salinas, não experimentamos os famosos pratos de frutos do mar e nem passeamos nas gôndolas. O nosso tour na cidade foi mais específico… Aveiro entrou em nosso roteiro simplesmente porque a gente precisava provar os Ovos Moles de Aveiro “in loco”. O doce foi primeiro produto nacional de confeitaria a obter a distinção “Indicação Geográfica Protegida”. Os Ovos Moles de Aveiro Os Ovos Moles de Aveiro foram criados no século XVI, no Convento de Jesus de Aveiro. Essa iguaria compõe a grande tradição portuguesa de doces conventuais, receitas originadas em conventos e mosteiros do país. Os Ovos Moles são feitos com a mesma massa da hóstia, por influência conventual, que é moldada em formas que remetem ao mar e à tradição piscatória de Aveiro, como peixinhos e conchas. E, por dentro, um maravilhoso doce de ovos moles. Os Ovos Moles de Aveiro foram até citados no livro Os Maias, de 1888. O autor Eça de Queiroz escreveu: “São seis …

Conheça as atrações da Rasen Bier em Gramado

A Serra Gaúcha é conhecida pela qualidade de seus vinhos, e eu já falei bastante sobre eles por aqui. Nos últimos anos, no entanto, a produção de cerveja também tem ganhado bastante espaço na região. Em Gramado, a Rasen Bier foi pioneira e ocupa uma posição de destaque. Inaugurada em 2018, a cervejaria segue a Lei de Pureza da Alemanha, na qual os únicos ingredientes permitidos na elaboração da bebida são a água, o malte, o lúpulo e a levedura. “A Cerveja de Gramado”, como é conhecida (Rasen, em alemão, significa gramado), começou com uma produção relativamente modesta, mas cresceu e expandiu seus negócios. Nesse post vou falar sobre todas as atrações lupuladas da cervejaria na cidade. 😉 Rasen Platz Localizado em um dos pontos turísticos mais famosos de Gramado – a Rua Coberta, a Rasen Platz foi inspirada no estilo das cervejarias de Munique. O lugar é animado: os visitantes são recebidos por uma legítima bandinha alemã! (Ah, os atendentes também trabalham com essa mesma vestimenta típica que os integrantes da bandinha estão usando. É pra se sentir na Baviera, né? …

Olivas de Gramado: turismo rural, cultura e gastronomia

No último final de semana aprendi muito sobre a olivocultura no novo empreendimento turístico da Serra Gaúcha, o Olivas de Gramado. O local reúne cultivo de oliveiras, restaurante de comida afetiva e vivências junto à natureza. Vem ver como foi!⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Olivas de Gramado O Olivas de Gramado é o primeiro empreendimento do Rio Grande do Sul dedicado ao olivoturismo. Localizado a 14km do centro de Gramado, o complexo proporciona aos seus visitantes uma experiência completa em torno da olivocultura. São mais de 150 hectares, onde foram plantados 12 mil mudas de oliveiras de seis diferentes variedades. Além disso, mais de 90 hectares são de Área de Preservação Permanente, monitoradas para que o ecossistema se mantenha inalterado. O cenário do parque é arrebatador: a propriedade é cercada por mata nativa e pelo cânion da Pedra Branca. Alguns mirantes de contemplação foram instalados no complexo, proporcionando ao visitante vistas privilegiadas da paisagem. Quem está à frente do projeto é o empresário Daniel Bertolucci, e foi ele quem nos recebeu e explicou a verdadeira missão do Olivas. “Queremos resgatar …

Rei dos Leitões: o melhor lugar para comer o Leitão à Bairrada

Esse post é para salientar que a culinária de Portugal vai muito além de bacalhau e de doces de ovos. Conheça agora o Leitão à Bairrada, eleito uma das 7 Maravilhas da Gastronomia Portuguesa. 😋 Leitão à Bairrada Iguaria típica da cidade de Mealhada, o Leitão à Bairrada segue todo um ritual de preparo, que inicia desde a criação dos leitões, a escolha da raça, a forma de abatimento e até a maneira de empratar. O resultado é uma carne tenra, que se desmancha, sob a pele dourada, brilhosa e estaladiça. Atualmente, são servidos cerca de três mil leitões diariamente na região – o prato realmente virou uma atração turística do país. Então claro que fizemos um pit stop por lá em nosso trajeto rumo ao Porto. Rei dos Leitões A Mealhada conta com diversos restaurantes que preparam o prato, mas um deles me chamou mais a atenção. Eu descobri o Rei dos Leitões no Porta Afora, canal de viagem do apresentador Fábio Porchat e da jornalista Rosana Hermann no YouTube. Eles falaram tão bem do restaurante no programa …