Todos os posts em: Gastronomia

Turismo gastronômico: as comidas típicas de Israel

Em nossa viagem à Israel visitamos os pontos turísticos ancestrais de Jerusalém e passeamos pela vibrante Tel Aviv, mas a nossa descoberta favorita no país foi gastronômica. A culinária israelense oferece uma viagem por povos, etnias e religiões, uma fusão de culturas que manifesta-se em deliciosos pratos típicos. As maiores influências gastronômicas do país vêm da culinária árabe, com alimentos oriundos da região do Oriente Médio; da culinária judaica, que possui pratos bastante tradicionais; e das nações à beira do Mediterrâneo. Em abundância na culinária local, ingredientes como lentilha, cuscuz, grão de bico, tâmaras, azeitona, romã, berinjela, figo e gergelim, recebem especiarias como zaatar, cominho, açafrão, gengibre, noz moscada e canela. Culinária Kosher É impossível falar de gastronomia israelense sem citar a cultura kosher (ou kasher). O termo refere-se aos alimentos que foram preparados de acordo com as regras judaicas de alimentação (originadas da Torah). Grande parte dos restaurantes de Israel seguem a tradição à risca e preparam seus pratos seguindo as normas da tradição. Existe, ainda, uma certificação concedida por entidades judaicas, que garantem a …

Receitas de Viagem #3: Pão de Ló de Alfeizerão

Quem acompanha o blog já sabe que eu sou apaixonada pela confeitaria portuguesa. Quando visitamos o país, fizemos um delicioso tour pelas receitas cheias de ovos, doces conventuais e pastelarias. Um dos doces que mais me chamou a atenção por lá foi o Pão de Ló de Alfeizerão, um bolinho com muito sabor de doce de ovos e molhadinho por dentro. É bom demais! Em Portugal existem diversas versões de pão de ló, como o de Ovar (também molhadinho por dentro), de Guimarães, de Margaride, de Arouca e até o “à brasileira”. Para aproveitar o tempo extra em casa que a quarentena proporcionou, testei a receita e deu super certo, então decidi dividir ela aqui com vocês. 🙂 Lá vai: Pão de Ló de Alfeizerão | Ingredientes 8 gemas de ovos 2 ovos inteiros 8 colheres de sopa de açúcar 4 colheres de sopa de farinha de trigo 1 colher de chá de fermento Pão de Ló de Alfeizerão | Modo de preparo Comece batendo na batedeira os dois ovos com açúcar, até virar um …

A incrível sequência da Osteria del Valle

Um dos restaurantes que mais me surpreendeu nas minhas andanças recentes pela Serra Gaúcha foi a Osteria del Valle. Encontramos ele por acaso, não estava em nosso roteiro, mas foi amor à primeira garfada. Localizada no Vale dos Vinhedos, no andar superior da vinícola Peculiare, a Osteria del Valle é um negócio familiar. A casa é comandada pelo chef Álvaro da Silva, que tem como subchef sua irmã Marlice. Para uma experiência enogastronômica completa, entra em campo mais um irmão, o sommelier Adriano. Osteria del Valle – Sequência O cardápio da Osteria é muito saboroso e delicado. Tem inspiração na culinária italiana tradicional, mas também oferece releituras e receitas originais – eles chamam isso de “Cucina di Fusione”. O restaurante funciona em esquema de menu degustação, e todos os pratos podem ser repetidos à vontade. A experiência começa com uma cestinha de pães e focaccia de fermentação natural, acompanhados de queijo e salame coloniais, antepasto de berinjela e patê de fígado de pato. Eu amei tanto esse antepasto de berinjela que perguntei se eles vendiam. …

Bento Gonçalves: os risotos e filés do Chef M. Crippa

Especializado em filés e risotos, o restaurante Chef M. Crippa é um verdadeiro achado pra jantar perto dosCaminhos de Pedra. Localizado na própria casa do chef, o restaurante serve pratos deliciosos e encanta pelo excelente atendimento e pela decoração cheia de objetos, antiguidades e imagens que contam a história do querido Maurício Crippa. Chef M. Crippa – o ambiente O ambiente é aconchegante, um ótimo lugar para um jantar à dois depois de um passeio pelas vinícolas da região. Como comentei anteriormente, a decoração é um destaque na casa, e faz você se perder com os olhos pelos objetos de louça, livros, móveis, quadros e coleções. Eu, que sou fã de antiguidades e garimpos, adoro esse tipo de lugar que se encontra de tudo! ❤️ Leia mais: Casa Fontanari: um refúgio vitivinicultor no alto dos Caminhos de Pedra Chef M. Crippa – o jantar O cardápio do restaurante é bem grande, com diversas opções de variedades do mesmo tema – os “carros-chefe” da casa são os filés e os risotos. São tantas combinações de molhos …

Arte in Távola, o delicioso restaurante do Farina Park Hotel

Alta gastronomia com inspiração italiana e aconchego de cantina: esse é o restaurante Arte in Távola, que fica dentro do Farina Park Hotel. Jantamos lá em nossa última viagem à Serra Gaúcha, quando ficamos hospedados nesse hotel super simpático. Se quiser saber como foi nossa experiência no Farina, clique aqui. Ficamos encantados com o atendimento, o ambiente acolhedor e, principalmente, com os pratos incríveis que comemos por lá. Vem ver como foi esse super jantar! 🙂 Leia mais: Cinco motivos para visitar Farroupilha Arte in Távola | Ambiente Como citei ali em cima, o Arte in Távola lembra uma cantina italiana daquelas bem tradicionais. As paredes são cobertas de objetos históricos, os móveis são rústicos e a iluminação é baixa. Um lugar perfeito para um jantarzinho especial! Arte in Távola | Gastronomia Mas apesar de o ambiente chamar a atenção dos clientes, é a gastronomia do restaurante que se sobressai. A proposta do restaurante foi implantada pelo chef italiano Mauro Cingolani, mas atualmente quem comanda a casa é o chef Luan Damiano. Damiano, assim como …

Quinze bate-voltas gastronômicos a partir de Porto Alegre

Eu adoro dar uma escapadinha da cidade em feriados ou finais de semana pra fazer passeios bate-volta. Esse tipo de experiência nos tira da rotina e nos fazem viajar por um dia, com o benefício de economizar na hospedagem. Esse é um daqueles “posts-guia”, que são um pouco compridos demais, mas que têm tanta dica boa que vale rolar a página até o fim. Veja abaixo 15 ótimos destinos próximos à Porto Alegre, pra ir e voltar no mesmo dia, mudar de ares e, de quebra, comer muito bem! 🙂 1 – Guaíba Pra ir até Guaíba você nem precisa pegar a estrada, pode ir pelo rio Guaíba mesmo, com o catamarã que liga as duas cidades. O município vem intensificando sua vocação turística há alguns anos, valorizando seus patrimônios históricos e naturais. Além disso, diversos pontos de visitação encontram-se próximos uns dos outros, então em poucas horas você consegue visitar locais como o Sítio Histórico da cidade, a Vitrine Cultural e o Mirante 14 de Julho. Leia mais: O que fazer em Guaíba Para …

Gramado: requinte e alta gastronomia no restaurante George III

O George III não é só um restaurante. É quase um parque de diversões para os amantes da cultura britânica, uma junção de cenários “instagramáveis”,  uma apresentação de classe à gastronomia do Reino Unido. Eu conheci o George no ano passado e fiquei apaixonada pela decoração e pelos pratos que eu e o Vini comemos lá, mas dessa vez fui convidada a conhecer os pratos do novo menu da casa – a “Experiência Britânica”. Veja abaixo como foi esse jantar digno da realeza! Restaurante George III Localizado logo na entrada de Gramado, o prédio em marrom e dourado chama a atenção pela sua imponência. Por dentro, o restaurante encanta pelos detalhes de decoração, pelo excelente atendimento, e pela alta gastronomia. Inaugurado em dezembro de 2017 pelos jovens empresários gaúchos Marcelo Dalbosco e Rodrigo Rohden, o restaurante oferece uma experiência multissensorial em torno da cultura inglesa. George III – o ambiente A casa oferece diversos ambientes, todos com elementos distintos e decoração impecável. Logo na entrada, a sala de espera traz um objeto que chama a …

Belém do Pará: Remanso do Peixe e Remanso do Bosque

Belém do Pará é um paraíso para os amantes da gastronomia. São muitos temperos diferentes, frutas amazônicas, farinhas de todos os tipos. Foi uma viagem cheia de descobertas, é um dos lugares que eu mais sinto vontade de voltar. Se o objetivo era conhecer a cidade pelo paladar, os restaurantes da família Castanho não podiam faltar no roteiro. Criado por Francisco Castanho, em sua própria casa, o Remanso do Peixe se tornou um clássico de Belém, com suas deliciosas moquecas e caldeiradas. Anos depois, os herdeiros Thiago e Felipe expandiram os negócios da família: abriram o Remanso do Bosque e trouxeram modernidade e inovação a ingredientes já conhecidos da região. Claro que fui nos dois e (spoiler) comi bem demais! Abaixo conto como foi cada experiência! 😉 Remanso do Peixe Primogênito da família Castanho, o Remanso do Peixe é conhecido como um dos melhores restaurantes da cidade. Clássico é clássico, né? o “Velho Remanso”, como também é chamado, oferece comida impecável e serviço atencioso, me lembrou aqueles lugares de almoço de domingo, que a gente …

Receitas de Viagem #2: Shakshuka de Israel

Israel foi um dos destinos que visitei em 2019 e por lá uma das coisas que eu mais queria comer era a Shakshuka. Eu já fazia a receita em casa há bastante tempo, mas tinha muita curiosidade de provar a israelense pra comparar os sabores. E, olha, elas eram bem parecidas! 😋 (Na real gema mole + molho de tomate bem temperadinho + pão novinho não tem como dar muito errado, né?). Então hoje vou ensinar pra vocês a minha versão da Shakshuka e também um delicioso e facílimo pão de iogurte pra acompanhar o prato. Leia mais: Os incríveis mercados gastronômicos de Israel 🍅 Shakshuka 🍳 Pra essa receita você vai precisar de: 5 ovos 2 latas de tomate pelado ½ pimentão vermelho ½ cebola 1 dente de alho 1 colher de sopa de azeite 1 colher de sopa de mel A gosto: Tabasco, páprica, cominho e sal Manjericão, salsinha ou queijo feta pra finalizar (foram essas opções de finalização que mais vi por lá) MODO DE PREPARO Pique a cebola, o alho e …

Onde comer bem em Tapes

Se você já leu esse post, deve saber que eu fiquei surpresa com a quantidade de atrações que fazem de Tapes uma cidade muito especial. Então agora vou te contar mais um motivo pra colocar o destino no seu radar: lá se come muito bem! 😋 Restaurante Bambu Quando comecei a pesquisar as opções de almoço em Tapes, o Bambu foi o primeiro lugar que me chamou a atenção. No topo de indicações do Tripadvisor, o pequeno restaurante em frente à lagoa garante elogios inflamados pela sua excelente comida caseira. Tem gente que roda vários quilômetros pra ir comer lá! Isso atiçou a minha curiosidade… A casa serve apenas duas opções de refeição: à la minuta de carne de gado e à la minuta de traíra frita. Mas é a segunda alternativa que conquista fãs apaixonados, e foi essa a nossa pedida. O peixe é muito saboroso, bem sequinho, delícia de comer até puro com algumas gotinhas de limão. Além do peixe, trago ainda dois destaques: a batata frita cortada à mão, uma iguaria difícil …