Todos os posts em: Portugal

Almoço com vista: conheça o Azenhas do Mar

Um cenário cinematográfico: casinhas brancas na beira de um penhasco de frente para o mar. Lembra a Grécia, mas é a pequena vila de Azenhas do Mar, em Portugal. Essa vista fica logo na entrada da cidade, ao lado de um estacionamento público: é o Miradouro das Azenhas do Mar. Na beira da praia, se a maré estiver cheia, ainda rola uma piscina natural. Visual de tirar o fôlego, hein? 😍 A vilinha pertence à região de Colares, e está localizada a 15 minutos do centro de Sintra. De Lisboa são cerca de 45 minutos (cerca de 30 km) – visitar esse lugar lindo também pode ser uma boa opção de bate-volta partindo da capital portuguesa. Se quiser outras dicas de bate-volta partindo de Lisboa, leia esse post do site Quase Nômade. Azenhas do Mar – almoço com a melhor vista De cara para essa vista arrebatadora, a possibilidade de almoçar frutos do mar frescos e pratos da gastronomia clássica portuguesa. Com o mesmo nome da praia, o Azenhas do Mar Restaurante e Piscinas fica de …

Portugal: onde comer bem em Sintra

Nosso tour gastronômico em Portugal já passou por Lisboa, por Aveiro e pelo Porto, e agora chegou a vez de falar da pequena vila de Sintra. 🙂 Sintra geralmente é visitada como um bate-volta saindo de Lisboa, pois ela fica a apenas 40 minutos da capital. A cidade é repleta de pontos turísticos de tirar o fôlego, como palácios coloridos, construções medievais e mansões luxuosas em meio à natureza. 😍 Como são tantas atrações que valem a visita, decidimos ficar uma noite por lá para aproveitar melhor a cidade. View this post on Instagram Pareço plena mas estou me recuperando de uma subida equivalente a 74 andares (foi o que o aplicativo do celular disse). 🙇🏻‍♀️ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Subir até o Palácio da Pena é bem cansativo, mas vale o esforço. Que lugar lindo! Parece castelo de filme da Disney, e ainda tem uma vista incrível! 😍 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Tem muito mais de Sintra e do Palácio salvo nos destaques. Quem aí tá acompanhando nosso tour (majoritariamente) gastronômico em Portugal? 🤗 A post shared by Sem Pressa …

Zero Box Lodge: o hotel mais cool do Porto

Sabe quando um hotel é tão legal que você decide estender a permanência no destino? Foi isso que aconteceu com a gente no Porto quando nos hospedamos no Zero Box Lodge. Decidimos ficar um dia a mais na cidade de tão legal que achamos esse lugar. Vem ver! 🙂 Zero Box Lodge O Zero Box inaugurou no final de 2018 com a proposta de ser um hotel diferente dos demais. No site da hospedagem, eles se definem como “not your regular hotel”. Definitivamente esse não é um lugar tradicional. Você já nota pela fachada que o local é, no mínimo, curioso. O prédio tem um BIGODE! Recepção Na entrada, um atendente super simpático e um ambiente bem informal recebem os hóspedes. E, nesse momento, uma surpresinha: a chave do nosso quarto veio pendurada à uma cerveja Super Bock personalizada com o nome do hotel. Se existe “chaveiro” melhor do que esse, desconheço. 😋 Pegamos o elevador para irmos até o nosso quarto e o elevador que nos levou até lá também foi mega surpreendente. Muitas …

Portugal: as melhores sorveterias do Porto

Acho que não contei isso pra vocês ainda… mas eu sou apaixonada por sorvete! 😋😋😋 Acho até que sorvete é o único doce que eu posso comer infinitamente, sem enjoar. (Eu descobri isso quando tive que extrair um dente, a recomendação era a de tomar sorvete e eu devorei um pote de 2 litros em algumas horinhas). Se em Lisboa eu fiz um tour de Pastéis de Nata e em Aveiro o roteiro era de Ovos Moles, no Porto eu decidi me aventurar nos “gelados” portugueses. (Aliás, eu acho muito bonitinho que os portugueses chamam sorvete de gelado. ❤️) Fiquei apenas três dias no Porto e entre um restaurante e outro, aproveitei pra conhecer algumas das sorveterias mais famosas da cidade. Bora ver como foi esse tour gelado? 🙂 Gelataria Sincelo Aberta desde 1980, a Gelataria Sincelo é uma das sorveterias mais tradicionais do Porto. Há dois anos a casa foi totalmente renovada, mas continua no mesmo endereço desde a sua criação – o número 54 da Rua de Ceuta. A sorveteria oferece mais de 50 …

Os melhores Ovos Moles de Aveiro

Considerada a “Veneza Portuguesa”, Aveiro é uma cidade pequena e fácil de ser explorada. Infelizmente não chegamos a conhecer as Salinas, não experimentamos os famosos pratos de frutos do mar e nem passeamos nas gôndolas. O nosso tour na cidade foi mais específico… Aveiro entrou em nosso roteiro simplesmente porque a gente precisava provar os Ovos Moles de Aveiro “in loco”. O doce foi primeiro produto nacional de confeitaria a obter a distinção “Indicação Geográfica Protegida”. Os Ovos Moles de Aveiro Os Ovos Moles de Aveiro foram criados no século XVI, no Convento de Jesus de Aveiro. Essa iguaria compõe a grande tradição portuguesa de doces conventuais, receitas originadas em conventos e mosteiros do país. Os Ovos Moles são feitos com a mesma massa da hóstia, por influência conventual, que é moldada em formas que remetem ao mar e à tradição piscatória de Aveiro, como peixinhos e conchas. E, por dentro, um maravilhoso doce de ovos moles. Os Ovos Moles de Aveiro foram até citados no livro Os Maias, de 1888. O autor Eça de Queiroz escreveu: “São seis …

Rei dos Leitões: o melhor lugar para comer o Leitão à Bairrada

Esse post é para salientar que a culinária de Portugal vai muito além de bacalhau e de doces de ovos. Conheça agora o Leitão à Bairrada, eleito uma das 7 Maravilhas da Gastronomia Portuguesa. 😋 Leitão à Bairrada Iguaria típica da cidade de Mealhada, o Leitão à Bairrada segue todo um ritual de preparo, que inicia desde a criação dos leitões, a escolha da raça, a forma de abatimento e até a maneira de empratar. O resultado é uma carne tenra, que se desmancha, sob a pele dourada, brilhosa e estaladiça. Atualmente, são servidos cerca de três mil leitões diariamente na região – o prato realmente virou uma atração turística do país. Então claro que fizemos um pit stop por lá em nosso trajeto rumo ao Porto. Rei dos Leitões A Mealhada conta com diversos restaurantes que preparam o prato, mas um deles me chamou mais a atenção. Eu descobri o Rei dos Leitões no Porta Afora, canal de viagem do apresentador Fábio Porchat e da jornalista Rosana Hermann no YouTube. Eles falaram tão bem do restaurante no programa …

Portugal: onde comer bem no Porto

Porto foi a nossa última parada em Portugal. Nessas alturas, eu já estava tão apaixonada pelo país que caminhei pelas ruas da cidade com sentimentos que mesclavam a alegria de um primeiro encontro e a melancolia do adeus que se aproximava. E que cidade linda! O Porto do Rio Douro, das igrejas cheias de azulejos, das caves e das pontes. O Porto da gastronomia! Fomos em alguns restaurantes na Invicta (apelido da cidade) que entraram na lista dos melhores da vida. Também experimentamos pratos típicos muito surpreendentes, como a Açorda de Mariscos e o Galo à Bordalesa. Não foram tantos dias no Porto, mas vivemos momentos intensos e marcantes. Vem ver os lugares que amei por lá e que super indico! 😉 Adega São Nicolau A Adega São Nicolau já estava no meu roteiro (inclusive eu já sabia até o que pedir antes mesmo de olhar o cardápio). Foi o nosso primeiro almoço no Porto e aqui inicia a nossa maré de sorte: chegamos lá ao meio-dia, sem reserva, e conseguimos a última mesa disponível. A …

Os melhores Pastéis de Nata de Lisboa

O Pastel de Nata (ou Pastel de Belém) é um dos doces mais populares da confeitaria portuguesa. A “panelinha” de massa folhada recheada com um creme de leite e ovos é um ESCÂNDALO de bom! Eu já tinha comido o doce no Brasil, mas nem se compara ao que é provar por lá. 😋😋😋 Em Lisboa existem diversas casas especializadas no doce e até uma competição que define anualmente qual é o melhor pastel de nata da cidade. Antes de ir pra lá eu não acreditava na história de que cada pastel tinha seu próprio sabor e textura, mas gente: acreditem! Eles são muito diferentes entre si. Aproveitamos que o preço é baixo (os pastéis custam entre 1 e 1,20 €), e provamos vááários pra poder notar essas nuances. Seguem abaixo os meus favoritos: Pastel de Belém Embora os Pastéis de Nata estejam em muitos cafés e pastelarias de Portugal, a receita original é um segredo exclusivo da Fábrica dos Pastéis de Belém, em Lisboa. A produção dos pastéis começou em 1837 no Mosteiro dos Jerónimos …

Onde comer muito bem em Lisboa

Lisboa é uma das capitais mais importantes da Europa quando o assunto é gastronomia. A culinária portuguesa é super conceituada no mundo inteiro e, ao mesmo tempo, é um tanto familiar para nós brasileiros. Não são sabores exóticos ou temperos estranhos – a diferença está na qualidade dos ingredientes e na execução. Se come muuuito bem em Portugal! Difícil mesmo é escolher onde comer! São diversos restaurantes ótimos, e eu demorei algum tempo pra fazer o meu roteiro. Mas acredito que cheguei em lugares surpreendentes, deliciosos, com alma e atendimento primoroso. Essa é a lista dos lugares que eu super recomendo em Lisboa: Invicta Madragoa Eu não poderia começar com outro restaurante, senão o Invicta. Ambiente simples e pequeno (são apenas seis mesas), frutos do mar frescos, comida que emociona de tão gostosa. Leia o post completo sobre nossa experiência lá pra entender melhor do que eu tô falando! 😉 Endereço: Rua da Esperança Madragoa, nº 140. Uma Marisqueira O Uma Marisqueira não estava em nosso roteiro, mas o João, chef pasteleiro que nos ensinou …

Invicta Madragoa: um jantar memorável em Lisboa

Descobri o Invicta Madragoa na primeira página da busca pelos “melhores restaurantes de Lisboa” no Tripadvisor e, ao contrário dos vários outros que aparecem ali e não me chamaram a atenção, esse aqui me ganhou pelas fotos. E não eram imagens de apresentações rebuscadas ou de pratos bem servidos. Foi a simplicidade que prendeu o meu olhar. Peixes inteiros servidos em pedras negras, e nada mais. Uma apresentação crua, simples, de quem já diz visualmente: “meu peixe é tão maravilhoso que não precisa de fru-fru”. Me ganhou, entrou para o roteiro. A simplicidade autêntica do Invicta Magragoa Chegamos no Invicta numa sexta-feira, por volta das 20h, e quem nos recebeu foi o Antonio, proprietário do local. (Diga-se de passagem, caminhamos bastante até chegar lá.) Mas, como todo restaurante pequeno e maravilhoso, já estava lotado para aquela noite. O invicta tem apenas seis mesas e trabalha com o conceito de slow food, então não adiantava muito esperar, porque quem chega lá pra jantar, não sai tão cedo. Reservamos para o outro dia. No sábado, então, chegamos lá …