Todos os posts em: Destinos no exterior

Comer bem em Washington: Hill Country Barbecue

Quando estávamos indo pra Israel tivemos uma conexão de 16 horas em Washington, D.C., então decidimos sair do aeroporto pra conhecer a cidade. Depois de caminhar muito e conhecer alguns museus do complexo Smithsonian (são todos gratuitos!), resolvemos parar pra almoçar em um lugar tipicamente americano. A nossa escolha foi o Hill Country Barbecue Market, restaurante especializado em churrasco estilo texano. No Hill Country Barbecue você escolhe o corte de carne que quer, os atendentes fatiam e pesam. Elas são entregues embrulhadas em um papel pardo, como se fosse em um açougue. Depois você segue para outro balcão pra escolher os acompanhamentos. Existem opções bem típicas americanas, como coleslaw (salada de repolho, cenoura e maionese), mac&cheese, feijão adocicado, e salada de batata. No churrasco texano, as carnes são defumadas e assadas lentamente. Elas têm um aspecto tostado por fora, mas por dentro elas são mega suculentas e muito macias. Essa crosta escura é resultado do tempero utilizado – o dry hub, uma mistura de ervas e especiarias passadas em volta das carnes antes de assar. O …

Onde comer bem e barato em Tel Aviv

Tel Aviv é considerada uma das cidades mais caras do mundo, então comer em restaurantes mais tradicionais e requintados todos os dias pode afetar um pouco o orçamento da viagem. Por isso, uma deliciosa opção é se esbaldar na comida de rua, lanchonetes menos formais que oferecem comida (muito!) boa a um preço super justo. Seguem abaixo as minhas indicações baratex em Tel Aviv: Sabich Frishman/ Falafel Frishman Uma portinha ao lado da outra: o Sabich Frishman e o Falafel Frishman são do mesmo dono, porém cada uma das entradas faz um sanduíche diferente – ambos vegetarianos. À direita, é vendido o Sabich: pão pita com recheio de berinjela frita, ovos cozidos, saladinha, salsa e molho de tahine – o melhor sanduíche que comi em Israel! 🤤 À esquerda, o Falafel, que vem com salada, tahine e uma massinha frita que parece um rolinho primavera. O que dizer do falafel israelense? Cremoso por dentro, crocante por fora. Eu sempre dizia que era apaixonada por falafel, mas nunca tinha comido um tão bom como esse. LIFE-CHANGING! …

Além do bacalhau: conheça dez pratos típicos de Portugal

Esse é um dos meus modelos de posts favoritos! Além de experimentar, eu adoro escrever sobre os pratos típicos dos lugares que visito! (Já leu os posts da Jamaica, do Marrocos e das Seychelles?) Meus roteiros gastronômicos, com a checklist de tudo que eu tenho que degustar nos lugares, são imensos! Eu sempre pesquiso bastante sobre tudo que eu tenho que comer pra sentir o verdadeiro sabor dos meus destinos. Tem muita gente que viaja pra Portugal pensando que só vai encontrar diversas versões de bacalhau, mas a gastronomia do país é muito abrangente e diversificada. Veja abaixo quais são os dez pratos típicos que você precisa provar por lá: Arroz de Pato O Arroz de Pato tem a sua origem no seminário mais antigo de Portugal: o seminário de Braga, cidade que fica ao Norte de Portugal – ele também é conhecido como “Arroz de Braga”. Apesar de existirem algumas variações, a receita original é composta por principalmente três ingredientes: arroz, pato e chouriço. O pato é cozido em uma água temperada, que depois …

Os incríveis mercados gastronômicos de Israel

Um dos meus programas favoritos da vida é visitar mercados gastronômicos. Não precisa ser em viagem, ir ao Mercado Público de Porto Alegre já é um baita passeio pra mim! 🤗 Mas quanto mais longe a gente vai em relação à nossa casa, mais conseguimos perceber as diferenças de cultura entre os povos por meio de seus alimentos. No setor de hortifrúti desses mercados, por exemplo, eu gosto de comparar os tamanhos, cores e formatos dos mesmos legumes, frutas e verduras consumidas aqui. Vejam só essas pitayas amarelas, e essas berinjelas redondinhas que encontramos em Jerusalém! Adoro o perfume das especiarias, os formatos dos pães e todas as comidinhas que podemos degustar nesses lugares. Em Israel, os mercados gastronômicos são uma fonte infindável de descobertas! Abaixo, segue a listinha dos mercados que visitei por lá! Carmel (Tel Aviv) Esse é o mercado mais famoso da cidade.  São muitos boxes de ingredientes frescos, doces, comidinhas e até artigos de vestuário e eletrônicos. Tem de tudo no Carmel, inclusive muuuitos turistas – ele é super cheio. Mas …

Onde comer muito bem em Roma

Dedico esse post à Aline de 2015, que fez um tour pela Europa e, mesmo sem saber que um dia se tornaria uma blogueirinha de viagem e gastronomia, registrou todas as comidinhas que degustou por lá. ❤️ Ahhh… comemos muito bem em Roma! E que bom que tenho essas fotos pra poder mostrar pra vocês três restaurantes que nos marcaram bastante na cidade. Anota aí! 😉 Trattoria Vecchia Roma Agora já ficou mais famosinho, mas na época que eu fui pra Itália a mise-en-scène de passar a massa por dentro de um queijo gigante era um super acontecimento. A primeira experiência que tive na vida com essa delícia foi na Trattoria Vecchia Roma. O ambiente é simples e despojado, e as mesas ficam em um sub-solo. O forte da casa é a comida, muitíssimo bem preparada. Existem duas massas que passam por dentro do queijo (ou Flambè, como eles chamam): o Bucatini Amatriciana e o Spaghetti Parmigiana. Pedimos ambas, que eram maravilhosas. Mas apesar do sabor delícia do bacon na Amatriciana, a grande favorita foi a vegetariana Parmigiana. …

Turismo gastronômico: as comidas típicas do Marrocos

Para mergulhar na cultura de um país, é preciso degustar a gastronomia local – essa é a minha principal premissa de viagem. Eu amo experimentar temperos, ingredientes e pratos tradicionais dos lugares que visito. No Marrocos não foi diferente. Assim como na Jamaica e em Portugal, fizemos uma verdadeira imersão gastronômica. Provamos comida de rua, fomos a bons restaurantes e até participamos de um curso de culinária marroquina. No post de hoje vou te contar quais são as comidas imperdíveis pra quem quer fazer turismo gastronômico por lá! 😋 Tajine Eu não poderia começar essa lista com outra comida a não ser o Tajine (ou tagine). Tajine é o nome do prato mais tradicional do Marrocos – e também é o nome da panela de barro na qual ele é feito. Ela resiste a altas temperaturas e o seu formato de cone faz com que o vapor circule e auxilie na cocção – fazendo com que as carnes fiquem muito macias. O prato é servido nessa mesma panelinha, ainda fervilhando. Existem diversas variações de tajines. …

Almoço com vista: conheça o Azenhas do Mar

Um cenário cinematográfico: casinhas brancas na beira de um penhasco de frente para o mar. Lembra a Grécia, mas é a pequena vila de Azenhas do Mar, em Portugal. Essa vista fica logo na entrada da cidade, ao lado de um estacionamento público: é o Miradouro das Azenhas do Mar. Na beira da praia, se a maré estiver cheia, ainda rola uma piscina natural. Visual de tirar o fôlego, hein? 😍 A vilinha pertence à região de Colares, e está localizada a 15 minutos do centro de Sintra. De Lisboa são cerca de 45 minutos (cerca de 30 km) – visitar esse lugar lindo também pode ser uma boa opção de bate-volta partindo da capital portuguesa. Se quiser outras dicas de bate-volta partindo de Lisboa, leia esse post do site Quase Nômade. Azenhas do Mar – almoço com a melhor vista De cara para essa vista arrebatadora, a possibilidade de almoçar frutos do mar frescos e pratos da gastronomia clássica portuguesa. Com o mesmo nome da praia, o Azenhas do Mar Restaurante e Piscinas fica de …

Nomad, o restaurante moderninho de Marrakech

Em 2014, Kamal Laftimi e Sebastian de Gzell assumiram uma antiga loja de tapetes da famosa praça de especiarias Rahba Lakdima (Place des Épices) e, ao lado do designer de interiores Romain Meniere, a transformaram no restaurante mais cool da cidade, o Nomad. O visual do lugar é muito bacana! Ele é todo moderninho, do tipo rooftop, com dois níveis de terraços que oferecem vistas fantásticas da Cordilheira dos Atlas e da medina. Apesar de querer conhecer os restaurantes de comida mais clássica, fiquei muito curiosa quando li sobre o Nomad e resolvi incluir no roteiro. Nomad – gastronomia marroquina moderna Com ênfase em ingredientes frescos, o restaurante serve “comida marroquina moderna” – releituras da cozinha tradicional e também pratos internacionais influenciados pela gastronomia local. Como sempre no Marrocos: nada de bebida alcoólica. Limonada geladinha pra acompanhar o jantar. Ah, repare no canudo de metal da foto abaixo: eu ganhei de presente da minha irmã e passei a levá-lo nas minhas viagens. Que tal fazer isso também e evitar o uso de canudos plásticos? Você pode ler …

Cinco restaurantes imperdíveis em Marrakech

A primeira vez que comi um prato marroquino foi em um restaurante de Paris (falei sobre ele nesse post). Aquela mistura de temperos era diferente de tudo que eu já tinha provado, e os pratos eram coloridos e perfumados. Fiquei completamente apaixonada na hora! Desde então, sempre tive vontade de conhecer o Marrocos e me esbaldar em tajine e cuscuz. A minha viagem à Marrakech surgiu meio que de surpresa pra gente. Compramos uma passagem para Portugal com uma escala em Casablanca de 24h. Como remarcaram meu voo, eu pude mexer na escala e transformar as 24h em 5 dias – gratuitamente. (Você sabia que isso é possível?) De Casablanca partimos para Marrakech para fazer um food tour na cidade. Fomos em diversos restaurantes, comemos muito na feira Jemaa el-Fna (principal e mais célebre praça da cidade, que concentra diversas bancas de comidinhas), conhecemos os pratos típicos e até desvendamos os segredos da culinária marroquina em um workshop. View this post on Instagram ✨Tesouro marroquino✨ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Uma das características mais marcantes da gastronomia marroquina é …

Comer bem e barato em Marrakech: Corner Cafe

Descobri o Corner Cafe no Tripadvisor – ele figura na primeira página dos melhores restaurantes da cidade. As fotos eram tão apetitosas e os elogios eram tão convincentes, que logo entrou para o roteiro. Mas jantar lá não foi fácil… O Corner Cafe é um dos restaurantes mais disputados de Marrakech. Só conseguimos uma mesa na terceira tentativa – nas duas primeiras vezes que fomos ele estava lotado. O local é simples e tem poucos lugares, mas foi lá que tivemos um dos melhores jantares da nossa viagem! 😋 Ah, mas aqui deixo um aviso: apesar de termos conseguido uma mesa, o atendimento foi bem demorado, pois a casa estava completamente lotada. Maaas o dono foi tão simpático e atencioso durante a nossa espera (e a curiosidade de experimentar as comidas era tão grande), que isso não foi um problema pra gente. Enfim, bora se deliciar com a culinária marroquina! 😋 Corner Cafe: jantar marroquino de primeira! No Marrocos é comum servirem pães na mesa logo que os clientes sentam. O jantar no Corner já …