Todos os posts em: Comida

Turismo gastronômico: as comidas típicas de Israel

Em nossa viagem à Israel visitamos os pontos turísticos ancestrais de Jerusalém e passeamos pela vibrante Tel Aviv, mas a nossa descoberta favorita no país foi gastronômica. A culinária israelense oferece uma viagem por povos, etnias e religiões, uma fusão de culturas que manifesta-se em deliciosos pratos típicos. As maiores influências gastronômicas do país vêm da culinária árabe, com alimentos oriundos da região do Oriente Médio; da culinária judaica, que possui pratos bastante tradicionais; e das nações à beira do Mediterrâneo. Em abundância na culinária local, ingredientes como lentilha, cuscuz, grão de bico, tâmaras, azeitona, romã, berinjela, figo e gergelim, recebem especiarias como zaatar, cominho, açafrão, gengibre, noz moscada e canela. Culinária Kosher É impossível falar de gastronomia israelense sem citar a cultura kosher (ou kasher). O termo refere-se aos alimentos que foram preparados de acordo com as regras judaicas de alimentação (originadas da Torah). Grande parte dos restaurantes de Israel seguem a tradição à risca e preparam seus pratos seguindo as normas da tradição. Existe, ainda, uma certificação concedida por entidades judaicas, que garantem a …

A incrível sequência da Osteria del Valle

Um dos restaurantes que mais me surpreendeu nas minhas andanças recentes pela Serra Gaúcha foi a Osteria del Valle. Encontramos ele por acaso, não estava em nosso roteiro, mas foi amor à primeira garfada. Localizada no Vale dos Vinhedos, no andar superior da vinícola Peculiare, a Osteria del Valle é um negócio familiar. A casa é comandada pelo chef Álvaro da Silva, que tem como subchef sua irmã Marlice. Para uma experiência enogastronômica completa, entra em campo mais um irmão, o sommelier Adriano. Osteria del Valle – Sequência O cardápio da Osteria é muito saboroso e delicado. Tem inspiração na culinária italiana tradicional, mas também oferece releituras e receitas originais – eles chamam isso de “Cucina di Fusione”. O restaurante funciona em esquema de menu degustação, e todos os pratos podem ser repetidos à vontade. A experiência começa com uma cestinha de pães e focaccia de fermentação natural, acompanhados de queijo e salame coloniais, antepasto de berinjela e patê de fígado de pato. Eu amei tanto esse antepasto de berinjela que perguntei se eles vendiam. …

Bento Gonçalves: os risotos e filés do Chef M. Crippa

Especializado em filés e risotos, o restaurante Chef M. Crippa é um verdadeiro achado pra jantar perto dosCaminhos de Pedra. Localizado na própria casa do chef, o restaurante serve pratos deliciosos e encanta pelo excelente atendimento e pela decoração cheia de objetos, antiguidades e imagens que contam a história do querido Maurício Crippa. Chef M. Crippa – o ambiente O ambiente é aconchegante, um ótimo lugar para um jantar à dois depois de um passeio pelas vinícolas da região. Como comentei anteriormente, a decoração é um destaque na casa, e faz você se perder com os olhos pelos objetos de louça, livros, móveis, quadros e coleções. Eu, que sou fã de antiguidades e garimpos, adoro esse tipo de lugar que se encontra de tudo! ❤️ Leia mais: Casa Fontanari: um refúgio vitivinicultor no alto dos Caminhos de Pedra Chef M. Crippa – o jantar O cardápio do restaurante é bem grande, com diversas opções de variedades do mesmo tema – os “carros-chefe” da casa são os filés e os risotos. São tantas combinações de molhos …

Arte in Távola, o delicioso restaurante do Farina Park Hotel

Alta gastronomia com inspiração italiana e aconchego de cantina: esse é o restaurante Arte in Távola, que fica dentro do Farina Park Hotel. Jantamos lá em nossa última viagem à Serra Gaúcha, quando ficamos hospedados nesse hotel super simpático. Se quiser saber como foi nossa experiência no Farina, clique aqui. Ficamos encantados com o atendimento, o ambiente acolhedor e, principalmente, com os pratos incríveis que comemos por lá. Vem ver como foi esse super jantar! 🙂 Leia mais: Cinco motivos para visitar Farroupilha Arte in Távola | Ambiente Como citei ali em cima, o Arte in Távola lembra uma cantina italiana daquelas bem tradicionais. As paredes são cobertas de objetos históricos, os móveis são rústicos e a iluminação é baixa. Um lugar perfeito para um jantarzinho especial! Arte in Távola | Gastronomia Mas apesar de o ambiente chamar a atenção dos clientes, é a gastronomia do restaurante que se sobressai. A proposta do restaurante foi implantada pelo chef italiano Mauro Cingolani, mas atualmente quem comanda a casa é o chef Luan Damiano. Damiano, assim como …

Quinze bate-voltas gastronômicos a partir de Porto Alegre

Eu adoro dar uma escapadinha da cidade em feriados ou finais de semana pra fazer passeios bate-volta. Esse tipo de experiência nos tira da rotina e nos fazem viajar por um dia, com o benefício de economizar na hospedagem. Esse é um daqueles “posts-guia”, que são um pouco compridos demais, mas que têm tanta dica boa que vale rolar a página até o fim. Veja abaixo 15 ótimos destinos próximos à Porto Alegre, pra ir e voltar no mesmo dia, mudar de ares e, de quebra, comer muito bem! 🙂 1 – Guaíba Pra ir até Guaíba você nem precisa pegar a estrada, pode ir pelo rio Guaíba mesmo, com o catamarã que liga as duas cidades. O município vem intensificando sua vocação turística há alguns anos, valorizando seus patrimônios históricos e naturais. Além disso, diversos pontos de visitação encontram-se próximos uns dos outros, então em poucas horas você consegue visitar locais como o Sítio Histórico da cidade, a Vitrine Cultural e o Mirante 14 de Julho. Leia mais: O que fazer em Guaíba Para …

Clô: o restaurante e o wine bar da Luiz Argenta

Contei nesse post como foi participar da Colheita Experience, programação especial para a vindima organizada pela Luiz Argenta, vinícola de Flores da Cunha. Um dos pontos altos da experiência foi o almoço harmonizado no Clô, localizado no andar superior da vinícola. Eu já estava há bastante tempo querendo conhecer o local, e ele superou as minhas expectativas. Já entrou pra listinha dos favoritos da Serra Gaúcha! Por isso, mereceu um post especial. 🙂 Clô Restaurante Grandes janelas envidraçadas com vista para os vinhedos, mobiliário elegante, pratos que enchem os olhos. Assim como na vinícola, a elegância está presente no local. O restaurante tem um visual apaixonante! O pai dos proprietários deu o nome à vinícola, Luiz Argenta. Já o Clô foi uma homenagem à dona Clorida, matriarca da família. A qualidade e delicadeza dos pratos honram o nome da mãe. Clô Restaurante – Almoço harmonizado O almoço iniciou com pães italianos e caponata, harmonizado com espumante L.A. Brut. O espumante continuou sendo a harmonização da primeira entrada, um carpaccio de beterraba com vinagrete de uva, ricota …

Belém do Pará: Remanso do Peixe e Remanso do Bosque

Belém do Pará é um paraíso para os amantes da gastronomia. São muitos temperos diferentes, frutas amazônicas, farinhas de todos os tipos. Foi uma viagem cheia de descobertas, é um dos lugares que eu mais sinto vontade de voltar. Se o objetivo era conhecer a cidade pelo paladar, os restaurantes da família Castanho não podiam faltar no roteiro. Criado por Francisco Castanho, em sua própria casa, o Remanso do Peixe se tornou um clássico de Belém, com suas deliciosas moquecas e caldeiradas. Anos depois, os herdeiros Thiago e Felipe expandiram os negócios da família: abriram o Remanso do Bosque e trouxeram modernidade e inovação a ingredientes já conhecidos da região. Claro que fui nos dois e (spoiler) comi bem demais! Abaixo conto como foi cada experiência! 😉 Remanso do Peixe Primogênito da família Castanho, o Remanso do Peixe é conhecido como um dos melhores restaurantes da cidade. Clássico é clássico, né? o “Velho Remanso”, como também é chamado, oferece comida impecável e serviço atencioso, me lembrou aqueles lugares de almoço de domingo, que a gente …

Onde comer bem em Tapes

Se você já leu esse post, deve saber que eu fiquei surpresa com a quantidade de atrações que fazem de Tapes uma cidade muito especial. Então agora vou te contar mais um motivo pra colocar o destino no seu radar: lá se come muito bem! 😋 Restaurante Bambu Quando comecei a pesquisar as opções de almoço em Tapes, o Bambu foi o primeiro lugar que me chamou a atenção. No topo de indicações do Tripadvisor, o pequeno restaurante em frente à lagoa garante elogios inflamados pela sua excelente comida caseira. Tem gente que roda vários quilômetros pra ir comer lá! Isso atiçou a minha curiosidade… A casa serve apenas duas opções de refeição: à la minuta de carne de gado e à la minuta de traíra frita. Mas é a segunda alternativa que conquista fãs apaixonados, e foi essa a nossa pedida. O peixe é muito saboroso, bem sequinho, delícia de comer até puro com algumas gotinhas de limão. Além do peixe, trago ainda dois destaques: a batata frita cortada à mão, uma iguaria difícil …

Locanda di Lucca: sustentável, criativo e apaixonante

Às vezes vivo experiências bacanas, e quero logo contar aqui pra vocês. Outras vezes fico com posts no rascunho por bastante tempo e chega um momento que eu preciso liberar logo pra não ficar muito datado. Existe, ainda, uma terceira opção: quando eu não me sinto pronta, quando eu espero que chegue uma inspiração, quando eu sinto tanto carinho por algo que sei que merece um cuidado especial. Esperei alguns meses pra escrever esse post porque a experiência que vivemos foi tão marcante que me emociona até agora. Mas acho que agora chegou o momento de compartilhar com vocês a beleza desse lugar em meio à natureza, essa cozinha autoral memorável, essa família. Vos apresento, o Locanda di Lucca. Locanda di Lucca – a família O Locanda di Lucca é comandado por apaixonados pela natureza e pela gastronomia. São pessoas que falam do alimento com emoção, anfitriões que nos receberam como se fôssemos de casa há muito tempo. A família é formada pelo enólogo e especialista em agricultura biodinâmica, Edgar Giordani, pela arquiteta e doutoranda …

As comidas típicas da Serra Gaúcha

Eu amo viajar e conhecer diferentes gastronomias, ingredientes exóticos e novas receitas. Mas existe um lugar do mundo que eu nunca me canso de voltar, uma região que tem duas regras de ouro: comida boa e muita fartura. Viajar pra Serra Gaúcha é ter a certeza de que o caminho de volta será mais lento – porque todos dentro do veículo estarão com alguns quilinhos a mais. E isso é uma coisa maravilhosa! Essa culinária tem alma, tem história, e tem muito sabor. Veja abaixo quais são os pratos típicos que você não deve deixar de experimentar em uma visita à região serrana do Rio Grande do Sul. Galeto O galeto é uma das comidas mais típicas das colônias italianas que se estabeleceram na região Sul do país. O galeto tem origem nas “passarinhadas” – sim, antigamente esse prato era feito com passarinhos. Mas eventualmente a prática da caça foi proibida, e o galeto passou a ser feito com um pequeno frango. Ele é abatido com cerca de 25 dias e pesa entre 500 a …