Destinos no Brasil, Gastronomia, Porto Alegre
Deixe um comentário

O melhor da culinária alemã em Porto Alegre

Em 2012 fiz minha primeira grande viagem. Eu já tinha saído do Brasil pra ir ao Uruguai, Paraguai e Argentina, mas naquele ano eu embarquei sozinha pra realizar o sonho de conhecer a Europa.

Um dos países que visitei por lá foi a Alemanha. Mais precisamente, a cidade de Berlin.

East Side Gallery

East Side Gallery | Aline em sua primeira viagem à Europa

Mas veja bem, companheiro leitor. Apesar de escrever sobre gastronomia hoje em dia, a Aline de vinte e poucos anos não era tão corajosa pra experimentar coisas novas.

Por lá, o máximo de comida típica que eu provei foi a deliciosa Curry Wurst (vou falar mais dela mais pra baixo) e frankfurters com mostarda.

Felizmente, em Porto Alegre eu pude matar a saudade daquilo que não vivi, e hoje em dia alguns restaurantes alemães da cidade fazem parte dos meus favoritos.

Veja abaixo dicas de onde comer bons chucrutes e Rahmschnitzels por aqui! 😉

* Esse post é em memória aos clássicos restaurantes alemães Schullas, Steinhaus, Liliput, Rhenania e Floresta Negra, que já encerraram suas atividades em Porto Alegre.

Chopp Stübel

Já que não consigo fazer suspense, eu vou começar logo com o meu favorito.

Criado pela família Lenhart, descendentes de imigrantes alemães, o Chopp Stübel iniciou suas atividades em 1969. A decoração do restaurante é linda e foi inspirada nos restaurantes tradicionais da Alemanha. Além disso, o som ambiente é exclusivamente de músicas alemãs.

Mas o que chama ainda mais a atenção no Stübel é a gastronomia.

Os pratos são incríveis! Sabores marcantes, opções originais e que fogem do estereótipo da culinária alemã mais conhecida. Enfim, jantar lá é uma experiência única.

Fica a dica: prove o Ente in Bier – marreco na cerveja, repolho roxo, spätzel e purê de maçã. Um dos melhores pratos da cidade!

chopp stubel_marreco

Chopp Stübel | Ente in Bier

Ah, e o Apfelstrudel da casa é IMPERDÍVEL! Massa super fininha e crocante, recheio molhadinho e uma nata batida pra acompanhar. Melhor maneira de encerrar o jantar. 😋

chopp stubel_apfelstrudel

Chopp Stübel | Apfelstrudel

Endereço: Avenida Mariland, nº 431 – Auxiliadora

Prinz

O restaurante foi criado em 1965 por um casal de alemães que migrou para o Brasil durante a Segunda Guerra. Inicialmente, a dupla inaugurou o bar Urso Branco, onde vendiam sanduíche aberto e chopp.

Encerrado o bar, o casal abriu o Prinz, levando a tradição do sanduíche aberto e do chopp para a segunda casa. Mas lá o cardápio cresceu e ganhou outros pratos de inspiração alemã.

Bem, é impossível falar da gastronomia do Prinz sem citar a sua mostarda. Na primeira vez que fui lá cheguei sozinha e pedi uma salsicha bock. Quando chegou à mesa o garçom me avisou: “cuidado com a mostarda, ela é bem forte”.

Eu pensei: “ok, queridinho, eu que sou viciada em pimenta e não vou ter medo de uma mostardinha”.

Enfiei uma rodelinha de salsicha na mostarda e mandei ver. Ledo engano. Quase morri sufocada ali mesmo! kkk

Enfim, aprendi que ali a mostarda é forte mesmo. Mas é boa, muito boa. Agora só coloco a pontinha da salsicha, e já preparo o chopp pra tomar em seguida. 🙂

Salsicha bock e mostarda Prinz

Prinz | Salsicha bock e mostarda forte

Mas o Prinz me conquistou mesmo foi com esses três aí de baixo: a combinação zero defeitos que se forma com o filé recheado ao molho de nata, o chucrute e a maionese perfeita. Escrevo esse post de manhã, mas comeria agora mesmo. Delícia demais!

128

Prinz | O trio perfeito

Endereço: Rua Dom Pedro II, nº 1469 – São João.

Ratskeller Baumbach

Tudo começou no Restaurante Tiroleza. Orlando e Vera Baumbach trabalhavam como auxiliares de cozinha. Se conheceram, se apaixonaram, se casaram.

Em 1967, junto com outros sócios, fundaram o Ratzkeller, que durou 13 anos. Em 1982, teve início o Baumbach, no bairro São Geraldo, que logo ganhou uma clientela fiel.

Em 1998, aliando a tradição de uma casa ao reconhecimento da outra, o Baumbach passa a se chamar Ratskeller Baumbach, um dos restaurantes mais importantes da cidade.

O Baumbach é “fino”. Lá dentro você se sente em um restaurante de hotel clássico, com garçons bem aprumados, guardanapos de tecido e móveis clássicos de madeira.

Baumbach Ratskeller_ambiente

Ratskeller Baumbach | Ambiente

Mas não fique intimidado: apesar de todo esse requinte, você deve vestir a sua alma ogra e pedir logo o Eisben (ou, para os íntimos, o joelhão de porco). O spätzel na manteiga e o chucrute tornam a experiência germânica completa.

Baumbach Ratskeller_Eisbein

Ratskeller Baumbach | Eisbein

Endereço: Avenida Pará, nº 1324 – São Geraldo.

Leia mais: O banquete alemão do Colina Verde

Bier Stube

No restaurante Bier Stube existe uma situação muito peculiar: o estabelecimento alemão pertence a uma família de ascendência ítalo-brasileira – os proprietários são naturais de Veranópolis, cidade de colonização italiana.

O Stube foi criado em 1979 e a origem familiar não impediu que a casa se tornasse um clássico da gastronomia alemã em Porto Alegre, muito famosa pelo seu Rahmschnitzel recheado.

Ah, pra acompanhar o prato, peça também o chucrute – ele super orna com o saboroso molho de nata.

Bier Stube

Bier Stube | O famoso Rahmchnitzel

A casa oferece, ainda, um “kit alemão”, composto de Eisben, Kassler, salsicha bock, lombo à milanesa, filé tartar, chucrute, arroz e batata sauté. Já quero voltar lá pra experimentar tudo isso!

Endereço: Rua Doutor Timóteo, nº 81 – Floresta.

Rock’s

O Rock’s está em funcionamento desde 1964, é o mais antigo de todos dessa lista. O restaurante serve os pratos clássicos, como salsicha bock, chucrute e Rahmchinitzel e spätzel, mas é especializado mesmo nos filés de 650g.

A grande pedida por lá é o filé ao molho de mostarda, acompanhado de um chopp bem gelado. Depois de provar essa dupla, não tem como não se apaixonar pelo Rock’s!

Rocks

Rock’s | Filé ao molho de mostarda

Endereço: Rua Cândido Silveira, nº 246 – Auxiliadora.

Cuca Haus

O Cuca Haus leva a culinária alemã pra outro patamar.

Autointitulado como o “gastropub da colônia”, o Cuca Haus honra o nome que tem. A casa criou um prato que utiliza a cuca, comida super típica dos imigrantes alemães da Serra Gaúcha: o hambúrguer de cuca com linguiça.

Mas além dessa cuca toda, lá você também encontra pratos mais clássicos, como salsicha bock, strudels doces, pretzel e (o meu favorito) Curry Wurst.

O Curry Wurst é um clássico de Berlin, vendida em todos os cantos da cidade. Como comentei ali em cima, esse foi um dos únicos pratos típicos que comi por lá – e eu amava! Então fiquei bem feliz de ver ela por aqui. Confesso que não tem o mesmo gosto da de Berlin (ela é um pouco menos condimentada), mas vale pra matar a saudade.

Cuca Haus currywurst

Cuca Haus | Curry Wurst

Também vale provar o Brot, um delicioso pão com linguiças fininhas, tomate, cebola caramelizada e queijo cheddar.

Cuca Haus brot

Cuca Haus | Brot

Endereço: Rua São Luís, nº 1101 – Santana

Leia mais: Restaurantes de Porto Alegre que me fazem viajar

Hidden BrewPub

Como diz o nome, o Hidden é um bar que se esconde na Zona Sul de Porto Alegre (em inglês, hidden significa escondido). Ele fica no final de uma rua sem saída do bairro Nonoai, foi instalado na antiga garagem da casa dos proprietários.

Não é um lugar de passagem de carros, pra chegar lá você tem que saber aonde está indo – e prometo que vale a pena colocar o destino no GPS.

O bar não é propriamente alemão, o Hidden é uma cervejaria com 18 torneiras de chopp artesanal produzidas na casa. Mas nada melhor pra acompanhar uma boa cerveja do que uma salsicha bock com chucrute, não é mesmo? Eu acho que sim.

De todos os chucrutes que eu citei ali em cima, o do Hidden se destaca por ter junto ao repolho um bacon bem crocante. A salsicha bock vem coberta com um desenho de mostarda. O pão leva cevada na receita. De tão bom que é esse prato, merece estar nessa lista. 😋

Ah, e lá também rola um belo Apfelstrudel pra finalizar perfeitamente a sua Oktoberfest própria!

Hidden Chucrute e salsicha bock

Hidden BrewPub | Chucrute e salsicha bock

Endereço: Rua Gregório da Fonseca, nº 680 – Nonoai.

Qual é a sua culinária internacional favorita? 😋

 

Se quiser ler outras dicas de Porto Alegre, clique aqui.

Para acompanhar minhas viagens e experiências em tempo real, siga o meu perfil no Instagram e curta a minha página no Facebook. 😉

Este post foi publicado em: Destinos no Brasil, Gastronomia, Porto Alegre

por

Jornalista, cozinheira e viajante para além da zona de conforto. Faz seus roteiros baseados naquilo que irá comer, nos ingredientes regionais a descobrir e na eterna busca por temperos que nunca experimentou.

Deixe seu comentário! :)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.