Bento Gonçalves, Canela, Comida, Comidas típicas, Destinos no Brasil, Garibaldi, Gastronomia, Gramado, Morro Reuter, Nova Petrópolis, Picada Café, Pinto Bandeira, Rio Grande do Sul, São Francisco de Paula, Serra Gaúcha, Três Coroas, Vale dos Vinhedos
Deixe um comentário

As comidas típicas da Serra Gaúcha

Eu amo viajar e conhecer diferentes gastronomias, ingredientes exóticos e novas receitas. Mas existe um lugar do mundo que eu nunca me canso de voltar, uma região que tem duas regras de ouro: comida boa e muita fartura.

Viajar pra Serra Gaúcha é ter a certeza de que o caminho de volta será mais lento – porque todos dentro do veículo estarão com alguns quilinhos a mais. E isso é uma coisa maravilhosa!

Essa culinária tem alma, tem história, e tem muito sabor.

Veja abaixo quais são os pratos típicos que você não deve deixar de experimentar em uma visita à região serrana do Rio Grande do Sul.

Galeto

O galeto é uma das comidas mais típicas das colônias italianas que se estabeleceram na região Sul do país.

O galeto tem origem nas “passarinhadas” – sim, antigamente esse prato era feito com passarinhos. Mas eventualmente a prática da caça foi proibida, e o galeto passou a ser feito com um pequeno frango. Ele é abatido com cerca de 25 dias e pesa entre 500 a 700 gramas, e também é conhecido como al primo canto.

O frango é assado no espeto como o churrasco, com o calor da brasa. Esse prato é facilmente encontrado em restaurantes especializados na Serra Gaúcha – as galeterias. Ele pode vir acompanhado de pratos como massas, salada de radite com bacon e polenta frita ou brustolada.

Serra Gaúcha gastronomia - Galeto

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Galeto

Sopa de Agnolini (Capeletti)

Se você for em uma tradicional galeteria da Serra Gaúcha, certamente o rodízio irá começar com uma sopa de agnolini (ou capeletti – uma versão um pouquinho maior da massa recheada).

As massinhas são cozidas em um brodo (que significa caldo em italiano) de frango. Esse fundo é cozido por várias horas até ter um sabor bem encorpado.

A sopa de agnolini geralmente é servida com queijo ralado, tempero verde e crem (uma conserva de raiz forte).

10

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Sopa de Agnolini

Pien

O pien é um embutido típico dos imigrantes italianos. Ele é feito do recheio que vai no agnolini ou capeletti, que é transformado em um salame. Ele é assado no forno ou cozido dentro de um caldo, e geralmente servido em fatias.

Antigamente o pien era um embutido de fígado e coração de frango, feito com a pele do pescoço da galinha costurada com esse mesmo formato de salame. A receita passou de geração em geração mas, com o tempo, o preparo sofreu variações. Atualmente é feito com partes nobres da galinha ou carne de gado – e enrolado em sacos de pano ou papel alumínio.

Abaixo, uma versão moderna do Pien, servida no restaurante Locanda di Lucca, em Bento Gonçalves.

Pien 1

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Pien

Leia mais: Três cidades próximas a Gramado e Canela que valem a visita

Carne Lessa

A carne lessa é uma carne cozida dentro de água fervente ou caldo – ela também é conhecida como “a carne da sopa”.

Após cozinhar por horas, a carne fica bem macia. Ela é coada e temperada a gosto.

A carne lessa também pode vir como um acompanhamento da sopa de agnolini.

Osteria della Colombina carne lessa

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Carne lessa

Polenta brustolada

Polenta mole e polenta frita você já conhece, né? Essas duas opções são comumente encontradas em outros lugares do Brasil. Mas a polenta brustolada é um preparo típico da Serra Gaúcha.

Depois de pronta e fria, quando já está firme, a polenta é fatiada em retângulos e grelhada em uma chapa até dourar, geralmente coberta de queijo.

Aiai, amo polenta! ❤️

Polenta

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Polenta brustolada

Tortéi

O tortéi é uma massa recheada com uma pasta de abóbora levemente adocicada (muitas vezes ela vem com um toque de canela). Ela tem um formato quadradinho ou retangular.

O tortéi foi originado da massa tortelli di zucca, do Norte da Itália – também conhecido como tortelli mantovani.

Depois de cozida, a massa recebe um molho de tomate ou de carne de panela. É uma das minhas comidas favoritas da região!

Comidas típicas serra gaucha tortei

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Tortéi

Cless

Em vez de ter origem italiana, como os pratos anteriores, o cless foi um prato trazido pelos imigrantes alemães. Ele é uma espécie de nhoque, só que a sua receita não leva batata – apenas farinha e ovo. Na boca ele é muito leve!

Lembrou do spätzle? Sim, a receita é quase a mesma. Mas por aqui esse prato ganhou esse outro nome. 🙂

Cles

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Cless

Leia mais: Carnes nobres e culinária alemã em Morro Reuter

Fondue

Além das influências italiana e alemã, a região de Gramado e Canela traz em seu “cardápio” de comidas típicas uma refeição de originária da Suíça: o fondue.

A sequência começa com o fondue de queijo, geralmente acompanhado de batata, goiabada, pão e legumes. Em seguida vem o fondue de carne frita em uma pedra quente, com diversas opções de molhos. E, por fim, o fondue de chocolate com frutas.

É impossível resistir à esse clássico!

Comidas típicas da Serra Gaúcha Fondue

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Fondue

Fortaia

Na Serra Gaúcha o omelete vira fortaia, nomenclatura que vem dos imigrantes da região do Vêneto da Itália.

O omelete é super amanteigado, geralmente feito com queijo colonial e salame. Se você pensa que já conhece o sabor do omelete e não precisa provar a fortaia, pode esquecer. Ela é diferente de todos que já comi na vida! Boa demais!

Osteria della Colombina fortaia

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Fortaia

Cuca

De origem alemã, a cuca é uma espécie de pão doce, coberto com uma farofinha super crocante. Atualmente são encontradas cucas com diversos tipos de recheios, como doce de leite, requeijão, banana e abacaxi.

A grande pedida é experimentá-la ainda quentinha, recém saída do forno.

cuca

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Cuca

Grostoli

O grostoli é um biscoito frito, feito de farinha de trigo e ovos. Pode ser preparado fininho, como se fosse uma massa de pastel (salgado ou doce), ou mais fofinho (apenas na versão doce – também conhecido como cueca virada).

A massa é cordada em tiras largas com um corte no meio, onde ela é dobrada pra fazer um nó.

Na região, é comum encontrar o grostoli empacotadinho nos mercados e lojinhas. Perfeito pra levar pra casa um gostinho de Serra Gaúcha! 😋

Grôstoli

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Grostoli

Queijo colonial e salame

O queijo colonial e embutidos como salame italiano e copa são produtos típicos da região serrana do Estado. A produção, que inicialmente era caseira, passou a ser comercializada para auxiliar na renda das famílias de origem alemã e italiana. Com o passar do tempo, a atividade se estabeleceu como um importante componente econômico.

A combinação de queijo e salame é um dos principais “tira-gostos” dos restaurantes da Serra.

Comidas típicas da Serra Gaúcha salame e queijo

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Queijo colonial e salame

Café colonial

O café colonial é um clássico gastronômico da Serra Gaúcha, existem diversos estabelecimentos especializados nesse tipo de serviço, principalmente nas cidades de Gramado e Canela.

Essa refeição representa fielmente uma das grandes regras da região: a fartura.

No café colonial o visitante tem a oportunidade de experimentar diversas comidinhas da região, como cucas, pães caseiros, queijos e salames coloniais, geleias (ou, como se chama por aqui, chimias), tortas e salgados.

E, estando em um café colonial, o que você não pode deixar de provar é uma combinação clássica da Serra Gaúcha: pão caseiro com chimia e nata! Se for de uva, melhor ainda.

Pão com nata e chimia

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Pão com nata e chimia

Chocolates

A Serra Gaúcha é conhecida nacionalmente pela produção de chocolates artesanais. Marcas como Lugano, Florybal, Caracol e Prawer são algumas das mais famosas da região de Gramado e Canela.

É impossível passar por lá sem experimentar alguns deles, e sem se encantar com as lojas, que já se tornaram até pontos turísticos. (A Florybal tem até um parque temático. Para saber mais, clique aqui.)

Recomendo, ainda, duas marcas de chocolates artesanais da região dos Vinhedos: a Devorata, de Garibaldi (melhores trufas da vida!) e a Benevento, de Bento Gonçalves (chocolate produzido com cacau da amazônia).

Chocolate Serra Gaúcha Devorata

Comidas típicas da Serra Gaúcha | Chocolate artesanal

Difícil ler essa lista até o fim sem ficar com vontade de ir pra Serra Gaúcha, né?

Se quiser mais um motivo pra marcar já a sua viagem, clica aqui pra saber quais são as vinícolas imperdíveis na região. 😉

 

Para acompanhar minhas viagens e experiências em tempo real, siga o meu perfil no Instagram e curta a minha página no Facebook.

Deixe seu comentário! :)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.