Últimas, Comida, Destinos no Brasil, Gastronomia, Porto Alegre
Deixe um comentário

Um delicioso jantar-aula português com Pi&Mentas Cuisine

“Portugal fascina pelas pessoas, pelos costumes tão próximos aos nossos, pelos prédios antigos e coloridos, pelos castelos, pelos bares, pelos restaurantes, pela vida e, principalmente, pela comida. Se essa gastronomia não é uma língua, uma forma de se comunicar, acho que perdi a razão.

A gastronomia portuguesa é uniforme e, ao mesmo tempo, tem suas nuances em cada região, é única e, ao mesmo tempo tão semelhante a comidinha da minha vó, é simples, mas encanta em cada mordida. Comer em Portugal me fez ampliar meu amor pela gastronomia e reforçar minhas crenças de que, na cozinha, certo e errado é questão de gosto.”

O trecho acima foi retirado do blog da chef Pietra Acunha, o Pi&Mentas Cuisine (especificamente desse post).

Eu não conseguiria descrever melhor a gastronomia portuguesa do que esse texto lindo!

Portugal é o destino que mais rendeu posts aqui nesse blog. A Pietra também visitou o país esse ano e, graças à essa querida chef, há alguns dias eu pude matar um pouquinho a saudade da gastronomia portuguesa em um super jantar-aula.

Eu fiquei encantada com a didática da Pietra e me acabei comendo Porco à Alentejana, Bacalhau às Natas e Pastel de Cerveja.

Ah, no final do post tem receitinha! 😉

Pi&Mentas Cuisine by chef Pietra

A Pietra é chef de Gastronomia para Eventos formada pelo Egas e professora de gastronomia formada em Hotelaria pela FARGS.

Entre 2012 e 2013, morou fora e trabalhou em diversos restaurantes. O blog Pi&Mentas Cuisine foi criado ainda em 2012, com receitas e crônicas sobre a vida.

Em 2017, resolveu criar contas no Instagram e no Facebook para o blog onde inclui, além das receitas, dicas sobre restaurantes que frequenta. Nesse mesmo ano, passou a dar aulas particulares e ministrar cursos de gastronomia.

Ah, ela é autora do livro “Na Cozinha com Pi&Mentas”. Chique, hein?

Eu e Pietra

Eu e a chef Pietra

Jantar-aula português

Assim como eu, a Pietra fez uma verdadeira imersão gastronômica em Portugal. Então, pra compartilhar tudo que comeu e aprendeu por lá, ela decidiu criar esse cursinho com receitas pouco convencionais.

O jantar-aula foi realizado na casa dela mesmo, e lá podemos sentir um pouco do que ela gosta de fazer: viajar.

Sala Pietra

A parede da casa da chef

Ah, todos os pratos foram harmonizados com bebidas da Porto a Porto.

Para abrir o apetite: sopa de melão

Adorei que a experiência já começou surpreendendo muito!

Para “abrir o paladar”, fomos recebidos com uma receita bem pouco convencional: sopa de melão com hortelã e bacon. Parece uma combinação esquisita, mas eu juro que tava uma delííícia!

Sopa de melão e bacon

Sopa de melão, hortelã e bacon

Entrada: Marufos

A chef Pietra fez tudo na nossa frente, contando a história dos pratos, dos lugares que visitou, e da relação dela com a cozinha. ❤️

Garfadas pelo Mundo e Pietra

Pietra cozinhando e a Lu Cadore (do blog Garfadas pelo Mundo) fotografando

Fugindo do óbvio, em vez do clássico bolinho de bacalhau, ela escolheu como entrada os  Marufos – bolinhos de peixe super aerados.

Para acompanhar os Marufos, o espumante Messias, da região do Bairrado.

Marufos e espumante Messias

Marufos e o espumante Messias

Primeiro prato: Porco à Alentejana

Logo em seguida acompanhamos o preparo do porco à Alentejana. A Pietra comeu esse prato no restaurante Taberna Típica Quarta-feira, que fica em Évora. A casa serve um menu fechado e você só fica sabendo o que vai comer quando os pratos chegam à mesa.

Ela gostou tanto desse prato que resolveu incluí-lo no curso.

Ah, e pra acompanhar ela fez um arroz de tomates que estava simplesmente PER-FEI-TO! 😋

Porco alentejano

O porco à Alentejana foi harmonizado com o vinho Reguengos, do Alentejo.

Segundo prato: Bacalhau às Natas

Mas, apesar de todas as novidades e pratos diferentes, um bacalhauzinho sempre cai bem, né? Esse peixe é a cara de Portugal!

Leia mais: Sete versões de bacalhau que você precisa provar em Portugal

Bacalhau em lascas

A chef Pietra nos ensinou uma receita que ela aprendeu lá mesmo, participando de um curso oferecido nas Experiências do Airbnb. Nas palavras dela:“foi uma experiência muito legal, na casa do host, com a família dele. Fui procurar por esse tipo de curso depois de ver que tu aprendeu a fazer pastel de Belém por lá.

Amei? Amei! ❤️

Olha que bacana esse relato:

“O mais legal foi ver que ele começava a cozinhar com a panela desligada e colocava o azeite e a cebola na panela fria. Minha mãe sempre cozinhou assim e eu aprendi que era errado quando fiz faculdade. Então, foi muito bom ver que lá nas nossas origens (minha família tem origem portuguesa) eles cozinham como a minha mãe.”

Pietra Bacalhau

Chef Pietra e o bacalhau pronto pra ir para o forno

Sério, tava bom demais esse bacalhau! 🤤🤤🤤

Pra harmonizar, o vinho Tons Duorum, da região do Douro.

Bacalhau

Tem uma coisa que eu gosto muito nesses eventos que envolvem uma mesa farta e vários desconhecidos: no final todo mundo fica amigo e conversa sobre os mais diversos assuntos.

jantar portugues

O grupo de alunos dessa noite incrível

Sobremesa: Pastel de Cerveja

Bem na frente da loja que vende os Pastéis de Belém (o original), fica uma portinha pequena que anuncia os Pastéis de Cerveja.

Eu cheguei a pensar em entrar, mas acabei não provando esse doce por lá.

Felizmente a chef Pietra fez o que eu não fiz, atravessou a rua e se deliciou com esses pastéis cheios de amêndoa. E não só isso: trouxe a receita pra casa pra matar a minha vontade que ficou recolhida lá em Lisboa! Êeeeee! 🙂

O Pastel de Cerveja foi harmonizado com o Vinho Madeira Justino´s.

Psatel de cerveja e vinho

Pastel de Cerveja e o Vinho Madeira

Receita do Pastel de Cerveja

De tudo que a Pietra serviu, a sobremesa foi o que mais me chamou a atenção, então pedi pra ela pra escrever aqui a receita pra que vocês possam reproduzir o Pastel de Cerveja em casa! 🙂

Massa:

400g de farinha de trigo
100g de açúcar
200g de manteiga
1/3 de xícara de cerveja
1 gema
1 pitada de sal

Misture o açúcar, o sal e a farinha. Pique a manteiga em cubinhos e, com as mãos, incorpore-a à farinha até virar uma farofa. Junte a gema e a cerveja e forme uma bola. Leve para gelar por, pelo menos, uma hora.

Recheio:

20 colheres de sopa de açúcar
10 gemas
200g de amêndoas cruas
Açúcar de confeiteiro

Descasque e pique as amêndoas. Reserve.
Bata o açúcar e as gemas e reserve.

Volte para a massa.

Abra-a com a ajuda de um rolo e coloque-a em forminhas.

Pastel de cerveja forminha

Acrescente as amêndoas e cubra com a gemada.

Pastel de cerveja cobertura

Cobrindo as forminhas com a gemada

Leve para assar em forno a 180°C por cerca de 30 minutos ou até dourar.
Polvilhe o açúcar confeiteiro e sirva quentinho. 😍

Pastel de cerveja pronto

Pastel de Cerveja prontinho!

Na minha viagem à Portugal eu fiz um tour de doces portugueses, sabia? Então posso dizer com propriedade: esse pastel tinha o sabor da “terrinha”.

E aí, você vai fazer essa receita? 😋

 

Próximos cursos da Pi&Mentas Cuisine agendados:

28/11 – Gastronomia italiana  – curso ministrado em italiano
5/12 – Variando o menu de Natal

Os dois cursos iniciam às 19h e serão realizados na casa da chef, no bairro Rio Branco.
Para acompanhar a agenda da Pi&Mentas, segue ela no insta!

 

Se quiser acompanhar minhas viagens e experiências gastronômicas em tempo real, siga o meu perfil no Instagram e curta a minha página no Facebook. 😉

Deixe seu comentário! :)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.