Últimas, Destinos no exterior, Uruguai
Deixe um comentário

Descanso, amigos e comida boa em Punta del Diablo

E se o meu título não for bom o suficiente para as buscas do Google?

E se tiver texto demais ou informações de menos?

E se quase ninguém ler esse post que me custou tanto a escrever?

É complicado quando esse tipo de questão toma conta da nossa cabeça e chega a fazer a gente esquecer do verdadeiro prazer que é escrever e compartilhar, o propósito de tudo isso.

“Eu quero fazer a minha voz ser ouvida, mas… qual era mesmo a minha voz?”

No dia a dia dos produtores de conteúdo rola incerteza e insegurança. E se falarmos de quem produz conteúdo de viagem, especificamente, ainda temos que catalogar os roteiros a cumprir, fotos em diversos formatos, textos ao mesmo tempo explicativos e afetuosos…

“Opa, pera, e cadê o prazer de viajar?”

De vez em quando é bom parar, ouvir o silencio, reconectar.

Punta del Diablo foi assim pra mim. 🙂

Descanso

As minhas últimas viagens tinham a programação tão pré-estabelecida, que eu já nem lembrava como era passear sem pressa por um lugar, dormir até tarde sem culpa e entrar em um restaurante sem ler antes todas as recomendações do Tripadvisor.

Há alguns dias eu estava com uma canseira mental tão grande que precisava de um tempo pra colocar a cabeça em ordem.

Então surgiu o feriado de Corpus Christi e pegamos a estrada rumo à Punta del Diablo.

Flores

Essa pequena praia no litoral uruguaio, localizada a cerca de 7h da minha cidade (Porto Alegre), é o cenário perfeito pra um final de semana relax.

É uma uma colônia de pescadores tranquila, sem luxos, um bom lugar para quem quer diminuir o ritmo.

Barcos

Quando foi a última vez que você parou pra ouvir o barulhinho do mar?

placa

Pode até ser clichê, mas eu sou apaixonada pelo balanço e o som do oceano. Relaxa e acalma.

Onda

Eu sempre digo que apenas um dia no litoral já me energiza por meses!

Casinha salva-vidas

Onde ficamos: alugamos uma casa pelo Airbnb com dois quartos, lareira, dois andares com vista pro mar. Ela custa a partir de R$ 173, dependendo da data. Clica aqui pra ver o anúncio dela.

Casa

Amigos

Quantas vezes você programa viagens com os amigos e elas acabam não acontecendo? 😟

Eu e o meu amigo Vinícius sempre tentávamos organizar uma viagem pra Punta del Diablo e nunca dava certo. Ficava sempre no eterno “a gente ainda tem que combinar de ir pra lá, né?”

Mas na última vez que ele foi na minha casa o assunto surgiu e decidimos abrir o Airbnb na mesma hora pra reservar uma casa para o feriado que viria dali a alguns dias. Nada como um impulso etílico, hein? 🙂

E que bom que finalmente saiu!

Amigo

Vinícius & Eu

Foi um findi de muita conversa, vinhos, jogos, comida boa não-instagramável, chocolates e caminhadas. Um tempo pra aproveitar essa amizade tão linda que tenho há quase 15 anos e que, espero, ainda dure muitos anos!

Amigos

Então fica a dica: façam logo essas viagens que vocês ficam programando sempre e que nunca saem do papel.

Descubra lugares novos com seus amigos! ❤️

Comida boa

Tá, se você leu esse texto todo reflexivo até aqui, vou te dar mais uma dica então.

Se estiver em Punta del Diablo, vá ao Mirjo!

Restaurante

De todas as neuroses de pesquisa e organização de roteiro das minhas viagens, a maior de todas elas é com os restaurantes. Eu nunca entro em lugares aleatórios!

Pra fazer meus roteiros gastronômicos eu passo pelos blogs de viagem, Tripadvisor, Yelp, Instagram, sites locais… enfim… a pesquisa é longa.

Então fazia muuuuito tempo que eu não era surpreendida por um restaurante!

Mas o Mirjo apareceu naquela estrada de chão, logo depois de uma caminhada pela praia, quando a fominha bateu. A gente abraçou o Mirjo, e ele nos abraçou de volta.

Começamos com os Boñuelos de Algas – bolinhos de algas marinhas!

Sim, mal cheguei nesse lugar desconhecido e já estou comendo algo que nunca comi na vida!

Bolinhos muito crocantes, com um molhinho delicioso pra “xuxar” e até um limão siciliano pra dar umas respingadas.

– ¡Una Patricia más, por favor!

Bonuelos

Na hora de escolher o principal, várias opções que pareciam muito gostosas.

Vocês bem sabem que, ainda mais em outro país, eu não perco a chance experimentar pratos diferentes.

Mas essa era uma viagem diferente.

E eu aceitei esquecer do turismo gastronômico pra comer uns camarões. Muuuitos camarões! Pedimos a sequência. 🙂

Eu sou louca por camarão, ainda mais se for à milanesa. É uma das minhas comidas favoritas da vida! E esse tava temperadinho, crocante, sequinho. Maravilhoso!

Ah, também veio um camarão ao alho  que tava bem gostosinho, mas foi do camarão à milanesa que pedi uma porção extra!

Camarão

E depois chegou um peixe com molho de camarões. Eu olhei pra essa batata frita congelada, ela olhou pra mim… e confesso que a gente se estranhou.

Mas tá, resolvi ignorar as batatas e experimentei um pedacinho do peixe. UAU.

ESSE MOLHO NÃO TEM EXPLICAÇÃO de tão bom! Sério, gente. Eu não sei nem o que dizer, apenas sentir.

Molho bom, denso, saboroso, com sabor de “nunca provei isso antes”. Mirjo me conquistou pra sempre!

Peixe com camarão

Os meus amigos foram menos convencionais do que eu e pediram a Caldeirada de Mariscos, que estava DE LI CI O SA! A vontade era de pedir uma dessas pra mim também!

Comida

A conta deu em cerca de R$100 por pessoa, com muitas Patricias (cerveja uruguaia).

O Mirjo está localizado em frente à Playa de los Pescadores.

Enfim… essa foi uma viagem pra descansar e pra lembrar como é bom deixar pelo menos alguns dias dos roteiros sem nada marcado, pra caminhar sem pressa, encontrar lugares ao acaso e ser surpreendido.

É bom fazer isso de vez em quando, né? 🙂

¡Viva Uruguay!

 

Para acompanhar minhas viagens e experiências em tempo real, siga o meu perfil no Instagram e curta a minha página no Facebook. 😉

Deixe seu comentário! :)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.