Últimas, Comida, Destinos no exterior, Gastronomia, Portugal
Deixe um comentário

Lisboa: o workshop de Pastel de Nata da Pastelaria Batalha

Uma das experiências mais legais que vivemos em Lisboa foi participar do workshop de Pastel de Nata. Aprendemos a fazer todas as etapas do doce, que é um símbolo do país, na super conceituada Pastelaria Batalha. Vem ver como foi! 🙂

A Pastelaria Batalha

Fundada em 1936 (inicialmente como padaria), a Pastelaria Batalha é um empreendimento familiar (Batalha é o sobrenome da família). No último ano, a pastelaria conquistou o 3º lugar no concurso que escolheu o melhor Pastel de Nata da cidade.

94

Entrando na pastelaria, um encantador cenário recepciona os clientes. Diversos tipos de doces (e alguns salgados) à disposição para deixar todo mundo na dúvida do que escolher!

85

Mas viemos aqui por outro motivo…

Workshop de Pastel de Nata

Antes de entrarmos para a cozinha, sentamos em mesinhas de uma salinha privada no piso inferior da pastelaria, onde a aula começa com uma introdução à história do Pastel de Nata.

96

É João Batalha, filho do fundador da pastelaria, quem recebe os alunos e dá o curso. O chef pasteleiro, que iniciou na panificação quando tinha apenas 14 anos, também conta a história da pastelaria e de sua família.

Em seguida, cada um é chamado a dizer seu nome, de onde é, qual seu objetivo com o curso e qual seu doce favorito da vida. (Sabe qual é o meu? Tiramisù!)

87

Somos apresentados a outros dois doces tradicionais de Portugal pelos quais a pastelaria também é famosa – a Queijadinha de Lisboa e o Pastel de Feijão.

86

E então, hora de colocar a mão na massa! \o/

Nesse momento somos convidados a colocar o uniforme (avental, touca e sapatinho plástico) e entrar na cozinha da pastelaria.

São os alunos que preparam o pastel desde os mínimos detalhes, começando com a medição dos ingredientes.

93

A primeira elaboração é a massa folhada que, depois de ter seus ingredientes misturados pela batedeira, recebe a margarina – utilizada em vez da manteiga por ser mais maleável.

4

Em seguida, são  realizadas as dobras, para que a margarina se incorpore à massa. Vocês conseguem ver as camadinhas? 😍

79

A massa vai para geladeira enquanto preparamos o recheio, que é feito com leite, gema, açúcar, farinha e toques especiais de limão e canela – que fazem toda a diferença no sabor final.

84

Com o creme pronto e a massa gelada, é chegada a hora de montar os nossos pasteis! 🙂

Cada aluno corta três pedaços da massa, que são sinalizados com as suas iniciais.

81

Nesse momento, temos que moldar a massa nas forminhas, apertando do centro para fora.

83

O creme vai para o funil dosador, e com ele preenchemos as forminhas.

95

E então, os pasteis são levados ao forno para serem assados. Em cerca de 15 minutos eles já estão prontos! Ô, delícia!

88

Eles saem do forno ainda inchadinhos pra cima. Para começar a provar é preciso esperar alguns minutos até que eles “desçam”.

89

Olha o João Batalha com a sua pupila! Vou fazer muito Pastel de Nata no Brasil. Quem aí vai querer? ❤️

90

Hora de degustar!

Depois de tirar o uniforme, voltamos às mesinhas para experimentar a nossa produção. Para acompanhar o doce, é oferecido como acompanhamento café, chá ou da tradicional ginginha servida em um copinho de chocolate. Claro que escolhemos a terceira opção!

91

Gente, não é porque foi o lugar que eu fiz o curso, e também não é porque fui eu que fiz os que provei (nada modesta kkk)… mas, sério, foi o melhor Pastel de Nata da viagem!

O creme tem muitas “camadas de sabor”. Você não sente apenas o gosto de ovo. O limão e a canela também são super presentes na boca. Ah, e uma “pitada” de sal na massa quebra o dulçor – o que faz você querer comer mais e mais! 🤤

Essa experiência levou o selo #SPDVRecomenda! ❤️

Sério, depois dessa tarde tão bacana vou passar a fazer cursos de gastronomia local em todos os lugares que eu for! (Logo depois de Portugal fomos ao Marrocos e por lá também aproveitamos pra fazer um curso de culinária marroquina – se você quiser ver como foi tem destaque salvo no meu Insta! 😉)

Serviço:

O workshop de Pastel de Nata acontece diariamente e tem duração de 2h. O custo é de 55 € por pessoa.

O curso é feito sob agendamento no site da pastelaria ou na plataforma Experiências Airbnb.

A aula geralmente acontece em inglês. Entretanto, João também fala português, espanhol e francês e pode fazer uma “tradução simultânea” caso necessário.

Endereço: Rua da Horta Seca, nº1 – Chiado (Lisboa).

 

* O workshop de Pastel de Nata foi feito a convite da Pastelaria Batalha.

 

Para acompanhar minhas viagens e experiências em tempo real, siga o meu perfil no Instagram e curta a minha página no Facebook. 😉

Deixe seu comentário! :)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.