África do Sul, Últimas, Destinos no exterior
Deixe um comentário

Joanesburgo: onde ficar, o que fazer, onde comer

O blog Barbadas pelo Mundo tem um lema: “não sou eu quem escolho os meus destinos, são eles que me escolhem”. Com Joanesburgo foi assim: essa cidade me escolheu!

A África do Sul não estava na minha lista de prioridades, mas certo dia apareceu uma passagem em promoção pra lá, e na hora eu só sabia que tinha que comprar. Que bom!

Me surpreendi tanto com esse país, que tenho mais vontade de voltar pra lá do que pra Nova York. (E olha que NY é beeem legal, hein?)

Vem ver todas as dicas pra conhecer essa país incrível e também saber quais foram os nossos “highlights“!

064

Museu do Apartheid

Informações sobre a África do Sul

  • Brasileiros não precisam de visto para visitar a África do Sul por até 90 dias, mas devem ter o passaporte válido, com duas páginas livres para o carimbo e validade de 30 dias a contar da data de retorno.
  • É obrigatória a vacina de Febre Amarela, registrada no certificado internacional de vacinação (se você ainda não tem esse certificado, faça a vacina em um posto de saúde e leve sua carteirinha de vacinação até a unidade da Anvisa mais próxima. Fazendo um pré-registro no site, o documento é entregue em poucos minutos.).
  • A moeda oficial do país é o Rand.
  • A África do Sul tem 11 línguas oficiais, entre elas o inglês (idioma amplamente aceito nos lugares mais turísticos).
  • O fuso horário é de cinco horas à frente do horário de Brasília.
  • A voltagem é de 220v/230v.
  • As tomadas são do tipo D – com três pinos, mais grossos que os utilizados no Brasil, e dispostos de forma triangular (o adaptador é facilmente encontrado para vender por lá).
  • Na África do Sul dirige-se na esquerda (a temida mão inglesa).
  • É comum pagar gorgetas em restaurantes, entre 10% e 15%.
  • Uber está disponível e funciona super bem.

Joanesburgo

Joanesburgo é a maior cidade da África do Sul, principal núcleo urbano, industrial, comercial e cultural do país. A cidade não é conhecida como um destino muito turístico, a maioria das pessoas que passam por lá provavelmente seguirão para Cidade do Cabo ou para o Parque Nacional Kruger (famoso ponto de safáris).

Foi mais ou menos o que aconteceu com a gente. Em Joburg ou Jozi, como os locais chamam Joanesburgo, ficamos pouco. Foram apenas três noites (depois seguimos pra Pillansberg e para Cape Town – em breve aqui no blog!).

Mas nesse tempo deu pra conhecer um pouquinho da cidade, pra me apaixonar por um restaurante e pra me emocionar em um museu. Vem ver! 🙂

Hospedagem

Sandton: é onde fica a maioria dos hoteis, e onde decidimos nos hospedar. Nessa região você encontrará shoppings e bons restaurantes. Pra quem vai ficar pouco tempo na cidade, é uma ótima opção.

Escolhemos o hotel Park Inn Sandton, um ótimo custo-benefício no bairro. Quarto novinho com banheiro privativo, televisão e ar condicionado. Ah, o café da manhã do hotel também era muito gostoso!

079

Essas são as outras opções de bairros em que os turistas costumam ficar se hospedar:

Rosebank: bairro mais residencial, mas que também conta com atividade comercial, é onde está localizado o Shopping Rosebank Mall. Lá os hotéis costumam ser mais novos, pois é uma região que vem crescendo.

Melrose: Bairro organizado, com ruas padronizadas e charmosas. Lá você encontra o Melrose Arch, complexo de lazer com shopping, restaurantes, lojas, hotéis e salas comerciais.

Randburg: Bairro residencial próximo ao Lion Park. Mais afastado da área turística e comercial, mas mais barato.

Atrações

Museu do Apartheid

Conhecer o Museu do Apartheid foi o grande destaque da nossa passagem por Joanesburgo. O local conta a história do regime de segregação racial no país, com diversos materiais e objetos da época. É realmente muito emocionante, impossível sair indiferente desse lugar.

Se eu tivesse que indicar apenas um lugar em Joanesburgo, seria esse.

088

O museu abre todos os dias da semana, das 9h às 17h, e custa R95.00 para adultos e R80.00 para crianças.

Nelson Mandela Square

Nelson Mandela Square é um shopping meio aberto/ meio fechado, com diversas lojas e restaurantes. O local fica em Sandton City, um complexo seguro e enorme, onde há várias opções de entretenimento e hotéis.

Lá você pode tirar aquela foto famosa ao lado do Mandela gigante.

128

Dentro da parte fechada, você encontra o supermercado Checkers Hyper, que é bem grande. Eu adoro visitar mercados quando viajo, pra ver os produtos diferentes nas prateleiras. Vale a pena conferir!

216

O Mandela Square fica aberto de segunda a sábado, das 9h às 20h, e em domingos e feriados das 9h às 18h.

Montecasino

O Montecasino é um complexo de compras e de entretenimento, com lojas, cassino, hotéis, teatro e muitos restaurantes. O grande diferencial desse lugar é que seu interior foi construído tendo como inspiração uma cidade antiga italiana e o mais legal (ou bizarro) de tudo: tem um CÉU ARTIFICIAL!

Confesso que, à primeira vista, eu estranhei bastante chegar à noite lá e ver um céu azul. kkk

244

O cassino fica no centro do complexo e é enorme.

262

O Montecasino fica a 30 minutos de carro do centro de Joanesburgo. Ele está aberto 24 horas por dia, todos os dias da semana (os restaurantes não são 24h).

Outras atrações

Vou deixar aqui outras dicas de lugares que não cheguei a conhecer porque faltou tempo, mas que podem fazer a sua viagem por Jo-Burg ainda mais interessante.

Soweto | O Soweto foi o refúgio dos negros na época do Apartheid, onde surgiram líderes importantes. Lá você pode visitar a Vilakasi Street, a única rua do mundo onde dois ganhadores do prêmio Nobel moraram: Nelson Mandela e Desmond Tutu. Uma das formas mais legais de visitar o bairro é fazendo um tour de bicicleta.

Market on Main | É um mercado semanal de gastronomia e arte, com mais de 100 comerciantes independentes. O mercado acontece na galeria Arts on Main, todos os domingos, das 10:00 às 15:00. Na primeira quinta-feira de cada mês, acontece o mercado noturno.

Museum of African Design | Ele fica em uma construção art-déco dos anos 30 transformada em um espaço criativo que visa fomentar o design e unificar as várias regiões da África. (Endereço:  Commissioner St, nº 281)

Gold Reef City | Complexo que reúne cassino, um parque de diversões, e um tour ao interior de uma antiga mina, chamado “Jozi’s Story of Gold”, onde o visitante visita uma escavação a mais de 220 metros de profundidade.

Constitution Hill | Sede da corte constitucional sul-africana e onde se encontra a Old Fort Prison Complex, uma prisão onde milhares de pessoas foram brutalmente punidas antes da democracia voltar ao país, em 1994. (Endereço: Kotze St, nº 11)

Lion Park | Considerado um dos principais pontos turísticos de Joanesburgo, o Lion Park oferece a possibilidade de ver de perto e interagir com leões. Fica a cerca de 40 min de Sandton.

Gastronomia

Em Joanesburgo (e na África do Sul, em geral) come-se muito bem! Eu voltei apaixonada pela gastronomia sul-africana e principalmente pelos preços praticados por lá. Em relação ao Brasil, é bem mais barato.

Para os não vegetarianos, vale a pena experimentar os diferentes tipos de carnes exóticas. Todas as que experimentei eram excelentes, com destaque ao avestruz e ao kudu.

Restaurante Trumps

Esse restaurante localizado no Nelson Mandela Square foi um dos melhores da viagem inteira. Ele tem um ambiente sofisticado, uma ótima carta de vinhos (a preços acessíveis) e excelentes cortes de carne.

Desde as entradas até a sobremesa, amamos todos os pratos que pedimos. Vou colocar as fotinhos de alguns deles aqui.

138

Trio de lagostins

146

Olha essa barriga de porco!

Lá, descobri a carne de avestruz é MARAVILHOSA. A carne é super magra e macia, se parece muito com o filé mignon – mas é melhor! Sério, se você for lá, coma um filé de avestruz por mim.

147

Melhor carne da vida!

Outro destaque desse restaurante foi o Malva Cake, um bolinho esponjoso com sabor bem marcante, que lembra o mel e o maple syrup. Ele é servido quente, geralmente acompanhado de sorvete.

Essa é uma sobremesa típica da África do Sul, e no Trumps foi a mais gostosa que comemos. Não deixe de experimentar!

151

Malva Cake

O restaurante Trumps está localizado no Mandela Square e fica aberto diariamente, das 11h30 às 22h30.

Restaurante Moyo

Quem vai a Joburg não deve deixar de conhecer o Moyo, um restaurante incrível localizado na Melrose Arch – um complexo privado com hotéis, shopping, bares, lojas e vários restaurantes (mais um lugarzinho pra você passear sem pressa!).

Especializado em cozinha africana, o restaurante oferece um cardápio contemporâneo bem diversificado. Comemos muito bem lá!

176

Bolinhos de jacaré. Você encararia?

Além disso, o Moyo oferece uma experiência que vai além da comida, com música local, um ambiente super bonito e uma divertida brincadeira: você pode ter seu rosto pintado enquanto espera sua comida. Adorei! 🙂

189

O Moyo abre todos os dias, das 11h às 23h. Você pode consultar o menu do Moyo aqui.

Você conhece Joanesburgo? Gostou da cidade? Tem alguma dica pra passar pra mim e pra outros viajantes? Comenta aqui em baixo! 🙂

 

Para seguir minhas viagens e experiências em tempo real, siga o meu perfil no Instagram e curta a minha página no Facebook. 😉

Deixe seu comentário! :)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.