Mês: janeiro 2019

As massas artesanais do restaurante Maria Valduga

Depois de conhecermos mais sobre a viticultura e degustarmos vinhos ainda em processo de elaboração no tour Wine Experience, seguimos para a segunda parte da experiência no Complexo Enoturístico da Casa Valduga: o almoço no restaurante Maria Valduga. O salão é imponente e elegante, todo coberto por “históricas pedras de basalto”. Mas não é sobre a história das pedras que eu quero falar hoje… Toda a história de uma massa artesanal O restaurante homenageia a matriarca da família, Maria Valduga. Segundo o site da casa, “o local era inicialmente a pequena cantina do Luiz Valduga, onde os irmãos Valduga deram seus primeiros passos alquimistas. Tanto trabalho, exigia uma farta mesa, que a Dona Maria fazia questão de apresentar com delícias típicas italianas”. Bem, eu também tinha uma nona que fazia uma bela massa artesanal, a vó Edith. Minha vó não tinha ascendência italiana, mas era uma excelente cozinheira. Algumas das lembranças mais afetuosas que tenho com ela foram em torno da mesa, quando ela compartilhava comigo os seus ensinamentos culinários. A minha receita favorita dela: …

O sensacional tour Wine Experience da Casa Valduga

É época de Vindima no Vale dos Vinhedos, período que a região celebra a colheita da uva, entre os meses de janeiro a março. A convite da vinícola Casa Valduga, fui até lá pra ver de perto as uvas roxinhas nos parreirais, junto com outros blogueiros de viagem de Porto Alegre. Fizemos o sensacional tour Wine Experience, que possibilita a degustação de vinhos e espumantes em diferentes etapas do processo de elaboração. Vem ver como foi! 🙂 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ A Casa Valduga A Casa Valduga é uma das mais tradicionais vinícolas do país. Em 1992, a Família Valduga iniciou a construção de seu Complexo Enoturístico, que incluiu a criação de restaurantes e de pousadas, consolidando-se, assim, como pioneira na introdução do enoturismo no Vale dos Vinhedos. Atualmente, o complexo recebe cerca de 150 mil visitas por ano. A vinícola continua sendo familiar, e está sendo administrada pela 3ª geração em relação ao patriarca fundador, Luiz Valduga. A empresa coleciona mais de 300 prêmios em concursos nacionais e internacionais, e exporta seus produtos para mais de 20 países. A Valduga está, …

Escale uma cachoeira na Jamaica

Sabe quando você vai a um lugar incrivelmente lindo, mas as fotos saem uma tremenda porcaria? kkk Foi o que aconteceu comigo na Dunn’s River Falls, na Jamaica. Eu levei apenas a minha Go-Pro antiga, e ela já não estava funcionando muito bem. Quando  fomos ver as fotos… foi uma tristeza, não deu pra aproveitar quase nada. (Você já passou por isso também?) Mas nem por isso foi um passeio perdido, muito pelo contrário: essa atração foi um dos pontos altos da nossa viagem. Apesar das fotos terem ficado ruins, nos divertimos muito e tivemos uma ótima experiência. A Dunn’s River Falls é, nada mais nada menos que: UMA CACHOEIRA ENORME. QUE VOCÊ PODE ESCALAR. E QUE DESÁGUA EM UM MAR AZUL TURQUESA. Preciso dizer mais alguma coisa? Vem ver! (Ah, pra esse post ficar um pouquinho melhor, catei algumas fotos no site oficial da Duns River Falls, como essa aqui em baixo). 😉 A entrada no parque A Dunns River Falls fica localizada em um parque nacional em Ocho Rios, super bem estruturado. Logo …

Cinco restaurantes imperdíveis em Belém do Pará

Nossa, como eu amei Belém do Pará! Não sei se é porque eu gosto de comer, e a vida me fez deixar de ter medo de experimentar coisas diferentes e apreciar sabores novos (e Belém é uma explosão de sabores!)… ou se é porque sou cozinheira, e os ingredientes do Ver-O-Peso fizeram meu coração derreter… ou, ainda, pela receptividade que tivemos lá! Que povo afetuoso e amável! Enfim, foi uma das minhas viagens favoritas de todos os tempos e já não vejo a hora de voltar. Bem, escrevi quatro posts contando tudo que eu fiz por lá, detalhadamente. Aliás, é a série de posts que eu mais gosto do blog. (Você pode ler o primeiro deles aqui!) Mas, pra quem não gosta de textos muito longos, e ainda assim quer boas dicas gastronômicas dessa cidade incrível, fiz uma breve seleção dos restaurantes que, na minha opinião, são imperdíveis por lá. 🙂 Box da Lucia Para ter uma experiência gastronômica autêntica no mercado Ver-O-Peso, sugiro almoçar na “ala das refeições”. Perguntei para o meu amigo Médici, responsável …

Maria Fumaça e Epopeia Italiana: um olhar para o passado

Recentemente, fiz o delicioso passeio de Maria Fumaça, na Serra Gaúcha. Já tinha feito quando era criança, mas fazia tempo que queria voltar. Dessa vez, com o passeio de locomotiva somado à Epopeia Italiana, entendi melhor a cultura da região e compreendi o quanto a imigração italiana influenciou o que é hoje o Vale dos Vinhedos. … Quando fui embarcar no trem, olhei para o lado e vi esse senhor. Esse olhar me disse tanta coisa… Esse olhar me disse que seus antepassados vieram da Itália, em um período de crise econômica. Me disse que, naquela época, o Brasil era uma terra repleta de oportunidades. E me disse que, quando se instalaram por aqui, escolheram o plantio de uva para a produção de vinho como atividade econômica. Os italianos que vieram viver no Brasil trouxeram na bagagem muitas características culturais que foram incorporadas à Serra Gaúcha. A partir da cultura agrícola, a região ficou conhecida pela produção de vinho. E assim, dessa expertise trazida pelos imigrantes, emerge o enoturismo do Vale dos Vinhedos. A Maria Fumaça Uma …

RS: cinco lugares que unem natureza e gastronomia

Que tal juntar almoços deliciosos com trilhas para cachoeiras, cenários bucólicos, raízes rurais e valorização da natureza? No post de hoje, convido você a viajar pelo Rio Grande do Sul para conhecer lugares incríveis e se deliciar com comidinhas feitas com ingredientes sazonais. Vem ver! 🙂 1 – O Butiá (Porto Alegre) Uma antiga fazenda às margens do Rio Guaíba se tornou um dos principais points gastronômicos dos finais de semana ensolarados de Porto Alegre. O Butiá fica localizado em Itapuã, e funciona somente em determinados finais de semana e feriados (você pode verificar a programação aqui). O restaurante abre apenas para o almoço, que utiliza ingredientes locais e frescos. O menu de 5 tempos custa R$ 130 por pessoa. Já estive lá pra almoçar, mas não encontrei as imagens no meu computador (alguém me ajuda a ser mais organizada digitalmente, please?!). Por isso, pedi uma foto do almoço para a Sophia, do blog Meu mapa-mundi, que esteve lá recentemente. Esse prato lindo só me deu mais vontade de voltar! Além do almoço, o Butiá …

Jamaica: cinco lugares para tomar café da manhã em Negril

Nesse post contei como foi a nossa ótima estadia em Negril, onde passamos oito dias curtindo o belo mar da Seven Mile Beach e muitas Red Stripes geladinhas. Lá, ficamos hospedados em um pequeno e gostoso hotel, o Negril Palms. Esse hotel tem um preço ótimo, fica de frente para o mar (bem estilo pé na areia) tem wi-fi até dentro da água (se você é desses), e um quarto ótimo. Mas… não tinha café da manhã incluso. Então, aproveitamos para conhecer outros restaurantes e hotéis pela região que ofereciam deliciosas opções. Vem ver quais são os que eu mais gostei! 🙂 Kuyaba Como contei aqui, a Jamaica tem alguns pratos típicos deliciosos e um deles é servido principalmente no café da manhã: o ackee & saltfish – um preparado de ackee (fruta típica da região) e bacalhau. Bem, o melhor que comemos por lá foi no surpreendente restaurante do hotel Kuyaba. O cardápio de café da manhã do Kuyaba é imenso, e os pratos são muitíssimo bem servidos. Ah, e você também pode escolher sentar …