Destinos no Brasil, Gastronomia, Nova Petrópolis
Comentário 1

Nova Petrópolis: o banquete alemão do Colina Verde

Almoço de domingo! Não sei você, mas eu acho que esse momento da semana tem uma aura especial (tanto que escolhi exatamente esse dia e horário para celebrar o meu casamento). É o dia tradicional da churrascada, do pique-nique, da reunião de família, tudo sempre envolvendo muita comida! Enfim, é dia de caprichar no cardápio!

Há algumas semanas, eu e o Vini decidimos honrar o domingo, e subimos a Serra para almoçar no Colina Verde, restaurante de Nova Petrópolis que muita gente vinha nos indicando há bastante tempo. A cidade fica a aproximadamente 90km de Porto Alegre, você chega lá de carro em cerca de 1h30.

O setor gastronômico é um dos pontos fortes do turismo na Região das Hortênsias, que ainda inclui os municípios de Gramado, Canela e São Francisco de Paula. É muito difícil resistir à tentação de não parar em algum restaurante no caminho (que, por sinal, é muuuito bonito nessa época do ano, cheio de plátanos com folhas amareladas). Mas estávamos focados em subir a colina!

Restaurante Colina Verde

Comandado pela família Schwantes desde 1980, o restaurante Colina Verde tem seu cardápio baseado em uma antiga tradição da região, o Kerb. No local, predominam receitas tradicionais da culinária alemã, mescladas a algumas receitas italianas e gaúchas, tudo preparado artesanalmente em fogão à lenha.

9

A entrada do restaurante é super fofa, cheio de detalhes que fazem você sentir a proposta do local: uma tradicional e acolhedora casa de família.

 

Hora do almoço!

6

Salão do Restaurante Colina Verde

A sequência de pratos é servida na mesa e você pode repetir qualquer um, à vontade. As atendentes circulam pelo salão com trajes típicos alemães, e são muito simpáticas.

14

Uma cesta de pães caseiros super quentinhos, acompanhados de uma boa manteiga, é a primeira coisa a ser colocada na mesa. A vontade é de comer tudo, mas melhor não “queimar a largada”. Ainda tem muita comida pela frente…

11

Em seguida, chegam a salada de batatas “Kartoffelnsalat”, uma salada mista e a sopa de capeletti (que é opcional, mas super recomendo: é deliciosa!).

1

Mal você acaba de comer as entradinhas, e a sua mesa é inundada de comida. São servidos: bolinhos de aipim, lombo à milanesa “Schnitzel”, frango ao forno com maçãsnhoque recheado com queijo e bacon “Knödel”, chucrute “Sauerkraut”, salsicha bock “Bockwurst”, joelho de porco “Eisbein”, almôndegas ao forno “Frikadellen”, matambre enrolado “Rinderrouladen”, massa caseira, molho com moelas de frango, purê de batatas e arroz.

Eu poderia falar bem de cada um deles, é tudo muito delicioso. Mas vou destacar a massinha caseira, que com esse molho de moelas fica incrível, e o joelho de porco. Eu tinha um pouco de preconceito com joelho de porco e foi lá que comi pela primeira vez. Só digo uma coisa: tivemos que pedir reposição do prato!

2

As atendentes ainda passam nas mesas oferecendo carré suíno defumado “Kassler”, acompanhado de repolho roxo agridoce “Rotkohl”. É imperdível, foi o prato que eu mais gostei.

3

Elas também servem panqueca de maçã “Apfelpfannkuchen”. Quentinha e deliciosa!

panqueca

Pra acompanhar toda essa “orgia gastronômica”, uma Edelbrau Weiss, cerveja de trigo produzida na cidade. Aprovada!

4

O buffet de sobremesas do dia está incluído no valor do almoço, mas o restaurante também oferece o Apfelstrudel (torta de maçã com nata batida ou sorvete de creme), por R$ 12. Até gostaria de experimentar e colocar a fotinho dele aqui para vocês, mas confesso que, depois de todo aquele banquete, não sobrou espaço pra mais nada.

7

O Colina Verde, conforme o nome diz, fica no alto de uma colina. Prepare-se para uma vista incrível! Você pode sair do restaurante, sentar nos banquinhos e tirar belas fotos.

10

Todo esse banquete custa R$ 72 para adultos e R$ 36 para crianças de até 10 anos. O restaurante aceita Visa, Mastercard e Banricompras. Ah, é interessante reservar, o local normalmente tem fila de espera nos finais de semana.

5

O famoso chucrute!

BÔNUS: Ninho das Águias

Já que estávamos em Nova Petrópolis, decidimos aproveitar o domingo para dar mais uma passeadinha por lá e fomos até o Ninho das Águias, um mirante com 684 metros de altitude. O local é um ponto de encontro de pára-quedistas e também um excelente lugar para tomar um chimarrão (eles tem torneiras de água quente), fazer um pique-nique ou simplesmente “lagartear”.

Olha só que espetáculo de vista panorâmica:

aguias 3

Em algumas épocas do ano, acontecem campeonatos de vôos de paraglider e asa delta. Você pode se informar na página deles no Facebook.

O acesso ao Ninho das Águias é feito, em parte, em uma estrada de chão, mas ela está em bom estado. A entrada custa R$ 10, para adultos, e R$ 5 para crianças de até 10 anos. O local dispõe, ainda, de internet wi-fi, banheiros, quiosque com churrasqueiras e lanchonete.

E então, que tal aproveitar o friozinho do inverno para subir a serra rumo a essa deliciosa experiência?

Ah, e se você tiver alguma dica de restaurante ou passeio próximo à Porto Alegre, me indica aqui nos comentários! 😉

Posts relacionados

1 comentário

  1. Lina diz

    Ai, esses cafés coloniais! Marcaram muito meu primeiro ano no Rio Grande do Sul. Definitivamente tenho que experimentar o Colina Verde antes de partir.

Deixe seu comentário! :)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.